quinta-feira, agosto 06, 2009

'O Maluf é o Rubinho perto do Sarney', diz Marcelo TAS no Irritando da GNT

O convidado da semana do programa Irritando Fernanda Young do canal GNT é o apresentador do CQC da Band Marcelo Tas.

O programa vai mostrar algumas histórias da vida do humorista, relembrar alguns de seus personagens como Ernesto Varela, além de críticas a políticos e reflexões sobre o mundo virtual.

A apresentadora Fernanda Young também questionou Tas sobre o limite para que o humor não se torne somente ridicularização, e o apresentador foi enfático ao dizer que se existe respeito o humor não ridiculariza ninguém.

- O limite é quando a ironia não atropela o respeito. Porque mesmo quando você entrevista um crápula, um político que você detesta ou que você sabe que faz muito mal para o nosso país, se você não o trata com respeito, eu acredito que você acaba dando força para ele.

O apresentador também soltou o verbo ao dizer que muitas coisas o irritam em relação ao Brasil, e que uma delas é a falta de opinião dos brasileiros.


- Tem uma coisa no Brasil que me irrita muito que é a falta de opinião. A gente tem medo de dar opinião. Opinião é para ser discutida abertamente, é uma coisa normal em qualquer país e eu acho que o público gosta disso

Sem perder o humor Marcelo Tas comenta sobre os políticos brasileiros e compara Paulo Maluf e José Sarney com os pilotos da Fórmula 1, Rubens Barichello e Michael Scumacher.


Fernanda Young questiona “Para onde vai Maluf quando ele morrer?”. Ele responde: “Para o inferno”. “O Maluf é o Rubinho perto do Sarney. O Sarney é o Schumacher. O Sarney está há 50 anos no poder e nos irritando”, ironiza.

Quando o assunto é a vida particular, o apresentador comenta sobre sua trajetória profissional, sobre o sobrenome artístico e surpreende ao contar que já foi bailarino e dançou pelado.

- Cheguei a dançar pelado. Meu pai quase morreu
.

E nem mesmo o cantor Caetano Veloso passou ileso na conversa dos dois. O apresentador criticou a postura do baiano.

- Ele gostar de axé music, tudo bem, mas ele ficar teorizando sobre a beleza do axé music me irrita. Ele podia fazer um disco: As 10 mais do Caetano, de axé music
.

O programa Irritando Fernanda Young vai ar no domingo, dia 9, à 0h, pelo canal pago GNT.

Fontes Estrelando e Fabio TV
Posted By: Viviane Pereira

'O Maluf é o Rubinho perto do Sarney', diz Marcelo TAS no Irritando da GNT

Share:

Post a Comment

Facebook
Blogger

2 comentários:

  1. Por falar em PMDB

    Sob condições “normais”, a imolação pública de José Sarney mereceria lautos festins. Acontece que a febre moral da grande imprensa visa apenas desgastar o PMDB governista antes das disputas de 2010. É pura campanha eleitoral.
    As sucursais brasilienses existem há décadas, com repórteres alimentados por centenas de fontes em todos os níveis de poder, e nenhum deles, nenhunzinho, jamais soube de falcatruas operadas por diretores do Senado antes do governo Lula. O Sarney que presidiu a Casa e coordenou a base parlamentar do governo FHC (1995-97) era probo, literato e elegante. E nunca é demais lembrar que Agaciel Maia esteve lá por 14 anos.
    Parece que duvidar da imprensa virou elogio ao coronel maranhense. Sei. Então tá. Proponho o seguinte: aspiremos bons fluídos republicanos, montemos na vassoura ética e investiguemos o PMDB de uma vez por todas. Que tal começar pelo quercismo?
    Sugiro um levantamento dos órgãos e cargos ocupados por peemedebistas na atual gestão paulistana de Gilberto Kassab. Como se sabe, a vice-prefeita, Alda Marco Antônio, foi secretária dos “polêmicos” governos estaduais de Orestes Quércia (1987-90) e Luiz Antônio Fleury (1991-94) – aquele do massacre do Carandiru.
    Alguém pode aproveitar o embalo para escarafunchar também o governo de José Serra, que se aliou a Quércia para vencer a disputa estadual e manter sólida maioria na Assembléia. Não parece razoável que uma aliança dessa envergadura tenha transcorrido sem qualquer, digamos, retribuição. Ora, deve restar alguma irregularidade, mínima que seja, escondida nos milhares de departamentos e incontáveis gabinetes dessas portentosas máquinas administrativas.
    Ops. Cadê o furor investigativo? Agora deu preguiça?

    ResponderExcluir
  2. Deixem de serem debochados com as pessoas entrevistadas no programa.
    Debochados, já basta os políticos de brasilia.
    Para esses dêem a moral, direto, na lata, olhando no olho. Vocês são bons no que fazem.
    Até me desculpem a critica, mas expor as pessoas simplesmente ao ridículo, ou situações de constrangimento, só está ensinando as pessoas de cabeça fraca do país (que pelo jeito é a maioria) que estão vendo a tv naquele momento, a tratarem-se mutuamente dessa forma e assim aumentando os indices de violência entre os cidadãos deste país de merda.
    Para vocês, a audiência é o que conta. Tudo bem, mas vocês carregam em seu trabalho, uma responsabilidade social de educar a população a realmente viver em uma sociedade democrática, com respeito mútuo e não levando o cidadão comum como eu, mas de bem, a começar a sentir ódio pela própria espécie, e
    pelo rumo que ela está tomando...
    Vocês poderiam demonstar uma postura mais de homem neste programa e não de garotinhos de apartamento querendo parecer descolados.
    Na estrutura o programa é bom.

    ResponderExcluir

Orientações para a postagem de comentários do CQC Blog

Follow Us

Arquivo do Blog

Comunidade CQC Brasil

Postagens Populares

© CQC Blog - Custe o Que Custar All rights reserved | Theme Designed by Seo Blogger Templates