sábado, março 27, 2010

Mônica Iozzi: "Em Brasília, sou subestimada por ser mulher"

Em duas semanas como setorista do “CQC” em Brasília, Mônica Iozzi virou a repórter mais temida (e também uma das mais elogiadas) da capital do país. Ocupando o posto que já foi de Danilo Gentili, ela virou uma espécie de porta-voz do povo frente aos políticos: “Levar empurrão e tapinha no microfone é normal”.

Qual é a maior dificuldade de trabalhar em Brasília?
A gente brinca tentando manter o mínimo de respeito, mas levar empurrarão e tapinha no microfone é normal quando se trabalha em Brasília. O trabalho também é físico. Temos que correr para gravar porque eles só estão lá de terça a quinta-feira.

Os políticos tratam você de forma diferente por ser uma mulher?
Alguns me tratam com mais serenidade e são mais amáveis do que eram com Danilo. Outros me subestimam por eu ser mulher. Mas depois que a primeira matéria foi ao ar isso mudou um pouco.

Sabrina Sato, do “Pânico”, faz o mesmo trabalho. Como é a relação de vocês?
A gente ri bastante nas pautas e não existe uma rivalidade. Temos estilos diferentes. O “Pânico” é mais escrachado, e nós somos mais críticos. E cada equipe tenta ceder espaço para a outra na hora de gravar.

Com pouco meses no ar, você percebe uma evolução no seu trabalho?
Eu me sinto à vontade e ainda aprendendo. O que percebi é que não daria mais certo manter aquela postura de repórter inexperiente que funcionou no começo. Era proposital, mas eu precisava passar para uma nova fase.


Fonte: Extra

Posted By: Taiane

Mônica Iozzi: "Em Brasília, sou subestimada por ser mulher"

Share:

Post a Comment

Facebook
Blogger

5 comentários:

  1. Os eleogios e o respeito à Monica são merecídissimos! Sempre apostei nela e sabia que ela evoluiria dentro do CQC.

    ResponderExcluir
  2. Confesso que não apostei nada na Mônica quando entrou. Mas agora ela está arrasndo! Parabéns... :)

    ResponderExcluir
  3. Oi Vivi, eu também fiquei imensamente felizzzz por ter ganhado o livro do Tas! Muito Obrigado!

    ResponderExcluir
  4. A Mônica está com uma postura totalmente diferente do ano passado. Mais segura, direta e não está tentando cantar todo mundo que ela entrevista.
    Espero que ela possa fazer um trabalho tão maravilhoso quanto o Danilo fazia! Mas, confesso que ele ainda é meu preferido pra ocupar o posso em Brasília.
    Ela tá indo muito bem!

    ResponderExcluir
  5. Meuu Mônica, continua asSim, vC é d maiSs tem o q precisa falar na ponta da língua!!

    ResponderExcluir

Orientações para a postagem de comentários do CQC Blog

Follow Us

Arquivo do Blog

Comunidade CQC Brasil

Postagens Populares

© CQC Blog - Custe o Que Custar All rights reserved | Theme Designed by Seo Blogger Templates