terça-feira, junho 01, 2010

Análise do CQC #98 - por Pedro Rech


O programa dessa segunda-feira estava excelente, mantendo o elevado nível de qualidade do programa da semana passada. Após um início de temporada fraquinho, parece que agora, antes tarde do que nunca, o CQC está começando a engrenar de novo. Enfim, vamos às considerações em si.


Pontos Altos
Em primeiro lugar, preciso elogiar o fato de terem recolocado aquele horrendo primeiro comercial do programa. Era simplesmente agonizante começar a ver o programa e de cara saber que dentro de um minuto um comercial extremamente longo surgiria. Como de costume, o “Controle de Qualidade”, um quadro tão simples, como tudo o que é genial, foi o verdadeiro ponto alto do programa que, como Tas disse, foi um festival de vergonha alheia. Falando em vergonha alheia, vale citar Cortez e sua inspiradíssima atuação em Indianápolis. Aliás, vê-se a diferença dos desempenhos de Andreoli na mesma pauta ano passado e Cortez esse ano: o primeiro, como qualquer homem, focou-se no flerte com as americanas, já Cortez, que não é muito chegado nisso, se focou nas celebridades. Ponto para ele, e para nós também, diga-se de passagem. Ainda nessa matéria, há de se registrar que, sem dúvida, Cortez possui um talento nato para invadir locais proibidos (vide tapete vermelho do Festival de Veneza em 2008).

Seguindo com as matérias internacionais, Andreoli estava profissional como nunca na primeira matéria da Copa do Mundo, desempenho esse que me deu esperanças de ver repetida a épica cobertura das Olimpíadas por Andreoli em 2008. Vale ressaltar que esse é de fato o perfil de Andreoli: um repórter bem-humorado, e não um humorista, o que o torna ideal para esse tipo de cobertura. E, como apêndice dessa matéria, o link com a África do Sul foi divertidíssimo. O mesmo pode-se dizer da matéria da Mônica, que continua a surpreender, no show de Roberto Justus, que levou à exaustão as piadas a respeito da falta de talento musical de Justus, mas que não deixou de ser hilária.

Sobre os quadros fixos: a respeito do “O Povo Quer Saber”, Peréio é um gênio, sem mais. O “Proteste Já” estava revoltante e bem realizado como de costume. A bancada estava, como anda acontecendo esse ano mais do que todos os outros, inspiradíssima. No mais, resta citar o sempre divertido “A Semana Em Fotos”.


Pontos Intermediários
A matéria da Mônica no lançamento do romance de Ana Maria Braga estava divertida, apesar da dispensável pauta. O “Documento da Semana” estava muito divertido também, mas figura aqui entre os pontos intermediários por ter sido mais uma matéria normal do que o “Documento da Semana” em si, sendo que não houve diversidade de tópicos, ambientes e repórteres. Mas, justiça seja feita, Oscar Filho teve um ótimo desempenho, como há muito não se via. O “Top Five”, apesar de todos os anúncios de Tas, estava apenas mediano. Fora isso, há de se citar o quadro que está sempre um passo à frente, “Luque Responde”, que estava particularmente engraçado (e violento).


Pontos Baixos
Veja só quem está aqui, nosso velho amigo, CQTeste, que nessa segunda teve até direito à merchan por parte de Cláudia Leite. Cabe aqui um pequeno protesto, aliás, sobre o ranking do CQTeste: César Menóti e Fabiano não merecem de forma alguma a primeira colocação. Revejam o CQTeste deles, e atentem para as perguntas ridiculamente fáceis e pelo fato de pessoas anônimas atrás das câmeras terem descaradamente soprado respostas. Fora isso, fecho a análise apenas apontando algo que obviamente está além do controle da produção, mas que anda me incomodando muito ultimamente: a platéia parece não corresponder com entusiasmo à altura dos comentários da bancada, o que de certa forma, quebra o clima.

Nota: 8


O CQC ficou com média de 4,3 pontos no Ibope e atingiu o 3º lugar no horário.
Posted By: Viviane Pereira

Análise do CQC #98 - por Pedro Rech

Share:

Post a Comment

Facebook
Blogger

4 comentários:

  1. Anônimo disse...
    NUNCA VI TANTA INTELIGENCIA EM PROL CONTRA SI MESMO, VCS SÃO TÃO INTELIGENTES, QUE SÃO COMPLETAMENTE IDIOTAS, É SÓ UM BREVE COMENTÁRIO PELA INFELICIDADE DE TEREM FALADO MAL DA PERFORMACE DE RODRIGO FARO IMITANDO LADY GAGA, ACREDITO QUE SEJA PURA INVEJA POR NÃO TEREM UM PROGRAMA COM TANTA AUDIENCIA E BEM COMENTADO COMO O DELE, INVEJA MATA VIU, A EU NÃO ASSSISTO ESSE SEU PROGRAMA, NA PROCURA DE UMA COISA INTELIGENTE AO OUVIR O NOME RODRIGO FARO PAREI PRA VER DO QUE SE TRATAVA E ERA VCS DESTILANDO UM VENENO INCAPAZ DE INCOMODAR QUALQUER SER VIVO

    3 de junho de 2010 01:45

    ResponderExcluir
  2. vamos ficar cada um no seu quadrado que fica tudo certo né ;-)

    ResponderExcluir
  3. CQC foi muito bom!
    Só não gostei do Documento da Semana que achei bem raso e do CQTeste por causa da Claudia Leitte. O que é aquele 'Eu prometo que eu sabia esta" Que coisa 2ª série...

    As outras matérias estavam absolutamente excelentes.
    Rafael Cortez furando a segurança e tomando owned do Jack Nickolson foi muito CQC!
    Danilo Gentili excelente no Congresso.
    Proteste Já muito bom, diferentemente da semana passada.
    Monica Iozzi, apesar das pautas Guaraná Dolly [/Iuri] foi muito bem.
    Oscar dando uma de Gisele nas trocadas de pernas hahaha, mas só isso tb.

    E o que era aquele cabelo do Felipe Andreoli no link? Deve acordar horas antes pra lavar e passar creme nos cachos! hahaha

    Não assisti o Luque responde

    Porra CQC! Top Five a meia-noite??? Foi foda hein!

    ResponderExcluir

Orientações para a postagem de comentários do CQC Blog

Follow Us

Arquivo do Blog

Comunidade CQC Brasil

Postagens Populares

© CQC Blog - Custe o Que Custar All rights reserved | Theme Designed by Seo Blogger Templates