terça-feira, agosto 17, 2010

Análise do CQC 109 - por Pedro Rech


Entre uma bancada em seu melhor momento e uma platéia assustadoramente apática, a palavra-chave para definir o excelente CQC desta segunda-feira é “equilíbrio”. Equilíbrio perfeito este entre matérias políticas, matérias culturais e as matérias inúteis de celebridades de sempre. Sem mais enrolação, vamos para as considerações:


Pontos Altos:
Haverá quem desconfie que eu estou dizendo isso apenas devido à minha paixão platônica por Mônica Iozzi, mas a verdade é que “genial” é a única palavra que pode se aproximar do que foi sua matéria atrás dos ditos “presidenciáveis” (aliás, será que a exemplo de Sergio Malandro, terei que desafiar também José Serra para um duelo em nome da honra da bela donzela?). Igualmente genial estava a cobertura de Danilo Gentili no primeiro debate entre os candidatos à governador de São Paulo. Devo confessar que, até semana passada, eu realmente estava suspeitando de que a bastarda Lei Eleitoral No. 9.504/97 estava, de fato, vencendo e que a cobertura eleitoral do CQC estava condenada a ser, na melhor das hipóteses, sem graça. Mas estas duas matérias juntas foram um sopro de esperança para esse Brasil sombrio e devastado em que estamos.

E eis que surge um “Proteste Já”, a respeito de um muro irregular em uma rua da cidade de Ubatuba, exatamente como nos velhos tempos. Foi simplesmente lindo ver Danilo Gentili tão indignado quanto costumava ficar Rafinha Bastos. Cabe dizer que, sem sombra de dúvida, o “Proteste Já” e Danilo Gentili se tornaram um. Claro, a perda de Rafinha nunca será superada, todavia, estamos bem arranjados com Gentili.

Seguindo, é preciso citar o inspiradíssimo Rafael Cortez, com entusiasmo semelhante à uma criança glutona em uma loja de doces, na matéria do 21º Prêmio da Música Brasileira.

E então chegamos ao “Documento da Semana” sobre “regressão” (confesso que uma lágrima escorreu de meu olho direito ao ver Tas pronunciando o nome do quadro corretamente... só para depois errar de novo, mas já é meio caminho andado). Com tantos outros assuntos de vital importância que o CQC poderia abordar neste quadro, como a pauta que eu e tantos outros tentaram em vão sugerir pelo twitter a respeito do serviço militar obrigatório, o eterno pesadelo de todo jovem prestes a entrar na maioridade e uma verdadeira afronta à liberdade individual (aliás, a minha apresentação no quartel está marcada para a manhã desta sexta-feira, torçam para que eu não perca minha virgindade por lá, como Rafinha Bastos), só para citar um exemplo, foi no mínimo um desperdício a escolha tal tema. Apesar disso, foi uma boa reportagem e os recursos do quadro foram muito bem aproveitados. Sendo assim, merece uma colocação no panteão das matérias dessa semana. E o Padre Quevedo pode ser, e é, um idiota, mas ontem, a razão estava com ele.

Resta-me citar o sempre bem-vindo “O Povo Quer Saber”, desta vez com Luiz Melodia e o “Top Five”, o qual não teria a pretensão de chamar de “o melhor de todos os tempos”, como Tas, mas que estava suficientemente bom para figurar entre os Pontos Altos.

E por fim chegamos a um dos mais excêntricos e empolgantes finais da história do CQC, toda a situação envolvendo o hipnotizador Fábio Puentes (que estava parecendo um comediante de stand-up) e a “regressão” de Marco Luque. É mais do que óbvio que foi uma encenação, e duvido que alguém estivesse esperando algo verdadeiramente sério (se é que há seriedade neste meio de hipnotizadores e agentes de regressão), mas quebrou a rotina de tal forma que acabou sendo, sutilmente comparando, a cereja coroando o topo do excelente bolo que foi o CQC desta segunda-feira.



Pontos Intermediários: 
Vergonha alheia em nível máximo na matéria de meu grande amigo, Rafael Cortez, na festa dos 35 Anos da Playboy, na ocasião do lançamento da Playboy de Cléo Pires. Uma das únicas certezas que tínhamos sobre o CQC era a de que matérias de lançamento de Playboy haviam sido extirpadas e eliminadas como se faz a um tumor maligno. Mas, nunca podemos subestimar, a exemplo de matérias futebolísticas, o poder de mulheres nuas. Apesar disso tudo, a matéria estava, de certa forma, bastante divertida.

Por fim é preciso citar, e me amarga profundamente o fato de ele estar por aqui pela segunda semana seguida, o CQTeste com Lulu Santos. Dane-se ao inferno, Cortez, e faça um CQTeste cada vez pior para que esta desgraça seja cancelada de uma vez por todas. Do contrário, estaremos todos condenados.



Pontos Baixos:
Resta citar aqui a matéria de Oscar Filho no casamento de... Bom, ou de Gian ou de Giovani, até agora não está claro quem era o noivo. Enfim, acho que não preciso desenvolver muito sobre o porquê desta matéria estar aqui. Para meus leitores rotineiros, já deve estar bastante claro. Faço então daqui o ponto final.

Nota: 8,5
Audiência: CQC marcou 5,2 pontos de média, picos de 8 e 9,5% de share.


Rech, nasceu na primavera de 1992 em Caxias do Sul, RS. Após concluir o ensino fundamental e médio sem grandes destaques, cursa jornalismo na Universidade de Caxias do Sul, igualmente sem grandes destaques. Quando criança gostava muito de assistir Chapolin e hoje considera o bacon a oitava maravilha do mundo. Twitter pessoal: @pedroffr
 


Leia todas as análises do CQC postadas no Blog

Perdeu o CQC de ontem? Assista aos Vídeos no canal do Parceiro Mirc Mirc
Posted By: Viviane Pereira

Análise do CQC 109 - por Pedro Rech

Share:

Post a Comment

Facebook
Blogger

Um comentário:

  1. CQC foi gostosinho
    ATRÁS DOS PRESIDENCIÁVEIS
    Monica como sempre dando show! Adorei a matéria. Plínio Arruda é muito espirituoso! hoho e o Levir Lidelix? Este cara á maluco. Medo

    CQ TESTE: LULU SANTOS - gostosinho, Lulu é uma figuraça! Aliás tenho que ressaltar que o CQTeste tem melhorado muito. Gente de nível é outra coisa né? Que não tenha mais nenhuma mulher fruta este ano.

    CASAMENTO DE DUPLA CAIPIRA - ok (curioso foi ver o Oscar Filho com as fotos de quem ele tinha que entrevistar. Mto engraçado. Se a produça pega uma foto antiga...

    DEBATE DE GOVERNADORES - Muito bom, mas tenho que comentar que uma das coisa que mais me chamou a atenção na matéria foi o cabelo do Danilo Gentili. Que porra era aquela???

    PREMIO DA MUSICA BRASILEIRA - ótima matéria, Rafael Cortez tava na praia dele né?

    PROTESTE JÁ: MURO A CAMINHO DA PRAIA - um dos melhores proteste já do ano. Danilo peitou a burguesia. Tava vendo a hora da mulher socar a cara dele.

    35 ANOS DA REVISTA PLAYBOY - Cleo Pires é camarão mesmo né?

    DOCUMENTO CQC: REGRESSÃO A OUTRAS VIDAS - gostei, acredito e fiquei super curiosa para saber o que os CQC's viram. Poderia ter sido mais detalhadinho.

    POVO QUER SABER: LUIZ MELODIA - divertido

    TOP 5 - muito bom!

    ResponderExcluir

Orientações para a postagem de comentários do CQC Blog

Follow Us

Arquivo do Blog

Comunidade CQC Brasil

Postagens Populares

© CQC Blog - Custe o Que Custar All rights reserved | Theme Designed by Seo Blogger Templates