quinta-feira, junho 30, 2011

Critica da estreia do Agora e Tarde


"Agora É Tarde" apresenta um Danilo Gentili desconhecido do público

Irreconhecível, Gentili deixou as habituais grosserias de lado e fez apenas ironias leves na estreia de seu talk-show, na Band, quarta-feira à noite. (por Maurício Stycer para o UOL televisão)

Nem o repórter do "CQC", desagradável e inconveniente, nem o comediante de mão pesada e gosto duvidoso, conhecido do público que o acompanha em shows de stand up e no Twitter. O apresentador do talk show "Agora É Tarde", que estreou quarta-feira à noite, na Band, é um terceiro Danilo Gentili.

Tranquilo, educado, irônico, deixando as piadas mais picantes para seus assistentes (Marcelo Mansfield, Murilo Couto e Leo Lins), Gentili foi capaz, até, de rir de si mesmo e da Band, a quem agradeceu pela oportunidade de "competir com os programas de venda de tapetes".

Mesmo ao mencionar seu eventual concorrente, o desgastado "Programa do Jô", na Globo, Gentili foi sutil. Disse que o "Agora É Tarde" conta com "uma equipe dedicada a copiar o que tem de melhor lá fora". E acrescentou, irônico: "Se o Jô não copiou, a gente vai copiar".

Além de um entrevistado por noite (na estreia, recebeu o comediante Marcelo Adnet, da MTV), o programa exibe uma série de quadros pré-gravados. Em "Passou na TV" foi apresentado um resumo de notícias ligadas à parada gay e ao preconceito contra homossexuais, concluído com um comentário de Murilo Couto: "Todo mundo vai virar gay. Eu, o Leo Lins, o Gianecchini". Gentili apenas sorriu ao ouvir a maldade.

"Agora É Tarde" ainda reservou, na estreia, uma pitada de veneno ao programa "Legendários", apresentado por Marcos Mion na Record. No quadro "Pequenos Gestos", Couto foi às ruas se oferecer para ajudar mendigos, pessoas passeando com seus cachorros, camelôs etc. "Estamos tentando mudar o mundo", disse Gentili, numa referência ao pretensioso lema do programa de Mion.

Sem patrocinadores, ainda, o programa do afável Gentili apresenta-se como uma boa alternativa ao late show de Jô Soares. Resta ver se a formula será capaz de funcionar por muito tempo e, mais difícil, se o público reconhecerá e dará apoio ao apresentador neste terceiro papel que está encarnando.

Fonte: UOL televisão

O Agora é Tarde é leve e divertido, a cara do Danilo Gentili. Não o personagem do CQC e dos stand up's da vida, mas o Danilo doce e engraçado que tive oportunidade de conhecer e conversar algumas vezes. Gostei muito do quadro do Murilo Couto, o Pequeno Gestos, uma ótima sacada.
A segunda edição do programa que será exibida hoje, terá como convidada a apresentadora Marília Gabriela, provavelmente com um Danilo Gentili menos nervoso e ainda mais a vontade. Não vá para a cama sem ele :-)

Agora é Tarde com Danilo Gentili - Estreia


quarta-feira, junho 29, 2011

Band aposta em Danilo Gentili como entrevistador

Hoje as 23:45hrs estreia o programa do Danilo Gentili, o Agora é Tarde. O programa terá Marcelo Adnet e Marília Gabriela como os primeiros convidados.

Adnet fez a gravação nesta tarde, horas antes da estreia do late show. "Gravaremos no mesmo dia porque vamos sempre comentar, com muito bom humor, os temas da atualidade e as notícias do Brasil e do mundo", destaca Danilo Gentili.
O humorista e apresentador Marcelo Adnet é o 1º convidado do Agora é Tarde

Já Marília Gabriela participa da segunda edição do programa, na quinta, que também será gravado horas antes. O "Agora é Tarde", possui formato de late show e traz entrevistas, quadros de humor e discussões sobre temas atuais. Acompanhado por Marcelo Mansfield, Murilo Couto, Léo Lins e a banda Ultraje a Rigor, ele propõe uma "nova cara" para o início das madrugadas de quarta e quinta-feira.

Outra atração do Agora é Tarde será o quadro “Lado B da TV Brasileira”, que mostra os programas mais inusitados, tanto para o bem, quanto para o mal, que são veiculados na programação nacional e será protagonizado pelo apresentador sul-matogrossense Raul Freixes, do Programa “O Povo na TV” da TV Campo Grande, afiliada do SBT. Raul já apareceu no CQC, no quadro “Top Five”, quando durante uma promoção no programa dele um homem vomitou ao vivo após beber dois litros de refrigerante em poucos segundos.

Fonte eBand e Fátima News

Confira aqui uma excelente entrevista do eBand com Danilo Gentili onde ele conta a expectativa para seu programa.


terça-feira, junho 28, 2011

Analise do CQC 144 por Pedro Rech


Saudações, leitores incultos. Como está se tornando regra, o CQC dessa segunda-feira foi, na melhor das hipóteses, médio. É sintomático que esta temporada, até o momento, está se mostrando a mais fraca de todas até aqui. Se não confiam na humilde palavra do analista que vos fala, lhes desafio: procurem qualquer matéria de 2008 / 2009 no Youtube. É impressionante como, vendo agora, até mesmo as matérias inúteis de celebridades eram geniais. Por exemplo, a cobertura de Danilo Gentili ao casamento de Otávio Mesquita em 2008, por mais imbecil que possa parecer, está entre as minhas dez matérias favoritas de todas. Não que o programa tenha ficado "ruim" ou "sem graça", pelo contrário. Mas às vezes sinto que de lá para cá, o ele simplesmente, e me dói o coração dizer isto, se acomodou. Não há mais a ousadia e o humor agressivo de outrora. Eu quero de volta o meu CQC moleque, o CQC de várzea. Talvez eu esteja sendo exagerado, e o CQC não piorou exatamente, mas apenas, mudou. Quem poderá saber? A única certeza em minha mente é que assistir ao programa não é mais prazeroso como era nos velhos tempos. Quiçá, se não fosse meu papel como fiel analista deste lindo blog, talvez nem o assistisse mais. Palavras duras, estou ciente. Mas é a triste verdade. Sem mais, vamos às considerações.

Pontos Altos: 
Depois de longos anos de miséria e destruição sem figurar aqui, eis que começamos o panteão de matérias da semana com ele, meu querido amigo, Rafael Cortez, atrás de Dilma Rousseff na premiação da Olimpíada Brasileira de Matemática. Esse fim de semana, andei me vendo contaminado por uma gripe fulminante. Após picos de 40 ºC de febre, ao começar o CQC desta segunda-feira, encontrava-me, finalmente, com uma temperatura corporal que não apresentava risco à minha saúde. Todavia, a alegria durou pouco: ao término da matéria de Cortez, estava pior do que nunca. Não há organismo debilitado que resista às fortes doses de vergonha alheia que Cortez emana do âmago do seu ser. Assim, talvez eu venha a dar adeus à este mundo em breve. Porém, partirei feliz.

Seguindo, eis que temos algo que nunca pensei que veria novamente em meu tempo de vida: uma matéria solo do sumido Danilo Gentili, dessa vez, cobrindo a 15ª Parada do Orgulho LGBT (o que terá ocorreu com o bom e velho “Gay” do nome?). Não foi a melhor das coberturas ao evento, marco já tradicional no programa, todavia, estava sublime. Também me vejo obrigado a mencionar aqui o bom e velho “Documento da Semana” sobre fobias, que, em termos de pesquisa e conteúdo, foi no mínimo superficial, mas se o simples fato de terem mostrado Danilo Gentili pulando de pára-quedas não torna a matéria um clássico instantâneo, eu não sei o que mais o fará. Aliás, vale citar também sua participação/merchan na bancada pós-matéria.









Finalmente, só me resta citar mais um glorioso “Proteste Já”, dessa vez sobre um bairro isolado pela péssima infra-estrutura rodoviária na cidade paulista de Cananéia, o sempre antológico “Top Five” (mas que, sinceramente, passou longe de ser “um dos doze melhores de todos os tempos”), e o sempre válido #Correndoatrás.

Pontos Intermediários: 
Nada mais lógico do que começar esta sessão mencionando um Rafael Cortez livre, leve e solto na (re)estréia da peça “Bent”. Pauta nada demais, como era o de se esperar, mas divertidíssima graças a um Cortez inspirado como há muito não se via.

Adiante, necessário citar aqui a matéria de Felipe Andreoli no final da Copa Libertadores, mais do mesmo, apesar de tudo, divertida.

Me dói o coração mencionar aqui também o “Identidade Nacional”, outrora um grande quadro, mas que começa a ver sua decadência por não ter mais situações sérias a ponto de o quadro servir de fato como uma espécie de estudo sociológico, e, por outro lado, por não ter situação suficientemente esdrúxulas para dar o tom pastelão que o quadro andava tendo. O que temos visto por hora são situações, simplesmente, nulas.

No mais, só me resta citar o “Resta Um”, com Pelé, reafirmando a idéia inicial de que trata-se de um quadro com uma boa idéia, mas conduzido de forma insuficientemente ousada, e, por fim, na tradição das matérias inúteis de Rafael Cortez, sua cobertura à gravação do primeiro DVD de Eduardo Dussek, divertida, no final das contas.

Pontos Baixos: 

Aqui, rotina: o “CQTeste” com a banda Sepultura. Sem mais.


Nota: 7,5
Audiência: CQC" marcou 6.3 de média, pico de 8.3 e 12% de participação

E vocês, leitores incultos? O que acharam do programa desta segunda-feira? Estarei sendo um velho rabugento ou de fato a qualidade do CQC caiu, e muito, nesta temporada? Expectativas para o programa de Danilo Gentili? Deixe sua opinião ali nos comentários e vamos celebrar a democracia porque, pelo menos por enquanto, a internet ainda é um espaço livre do controle governamental. Até semana que vem!


Rech, nasceu na primavera de 1992 em Caxias do Sul, RS. Após concluir o ensino fundamental e médio sem grandes destaques, cursa jornalismo na Universidade de Caxias do Sul, igualmente sem grandes destaques. Quando criança gostava muito de assistir Chapolin e hoje considera o bacon a oitava maravilha do mundo. Twitter pessoal: @pedroffr



Leia todas as análises do CQC escritas pelo Pedro http://www.cqcblog.com/analise do cqc

Leia outros posts do CQC 142 http://www.cqcblog.com/CQC144 

Videos e frases do CQC 144

Toda semana, o parceiro @MircMirc  coloca os vídeos do CQC no Youtube. Quem não conseguiu a assistir programa ou quer rever alguma matéria é só chegar.


Roteiro

FINAL DA LIBERTADORES
DILMA NA OLIMPIADA DE MATEMATICA
IDENTIDADE NACIONAL
PARADA GAY DE SAO PAULO
PROTESTE JÁ: BAIRRO SEM SAÍDA
TOP 5
RESTA UM: PELÉ
DOCUMENTO DA SEMANA FOBIAS
SHOW DO EDUARDO DUSEK
CQ TESTE: SEPULTURA

Vídeos do CQC 144




Frases do CQC 144 - Escolhidas pelo blog oficial do CQC


A semana rendeu mais algumas pérolas para o arquivo da seção “Saca Só”. Em alguns momentos, nem a equipe de reportagem do programa acredita que os entrevistados sejam capazes de lançar aos quatro ventos combinações de palavras tão dantescas. Confira os melhores – ou piores – do último “CQC”.

“O cara faz o que quiser com o fiofó dele” – Tico Santa Cruz, completando que cada um usa o corpo como bem entender.

“Se quiser linguiça tem que ir comigo na van” – Vendedor de churrasco da 15ª Parada Gay de São Paulo, em uma afirmação pra lá de duvidosa.

”Eu tenho fobia do CQTeste” – Petra Gil, que, apesar de medrosa, não ve a hora de participar do quadro mais educativo do “Custe O Que Custar”.

“Eu nunca vi fazer gol em futevôlei” – Pelé, duvidando da marca de 1000 gols alcançada por Romário.

“Qual o problema você me pegar aqui no teatro” – Edwin Luisi, incentivando o repórter Rafael Cortez a sair do armário.

segunda-feira, junho 27, 2011

CQC 144 - Roteiro

Ilustra da @linasilva inspirada no Documento da semana sobre Fobias que não saiu no Roteiro oficial.

TEATRO: CRUEL
FINAL DA LIBERTADORES
DILMA NA OLIMPIADA DE MATEMATICA
IDENTIDADE NACIONAL
PARADA GAY DE SAO PAULO
PROTESTE JÁ: BAIRRO SEM SAÍDA
TOP 5
RESTA UM: PELÉ
POVO QUER SABER: GIBA DO VOLEI
FESTA DE SÃO JOÃO
CQ TESTE: SEPULTURA
#CORRENDOATRAS
CQC 3.0 (após o encerramento da transmissão na TV, o programa continua aqui por 30 minutos na Internet. Para interagir ao vivo com a gente no estúdio, clique aqui)

AVISO AOS NAVEGANTES: este roteiro é apenas um guia. Poderá sofrer alterações, amputações e inversões até a hora e, principalmente, durante a transmissão do programa, que é ao vivo. Relaxem e divirtam-se. Bom programa a todos!
Band, 22h15

Para ir ao estúdio: registre-se no site oficial CQC

(*) #CORRENDOATRAS
Agora, o seu VIDEO ou FOTO pode aparecer no CQC. Basta caprichar em apontar algo que você não esteja gostando aí na sua cidade, tomar uma atitude CQC e enviar para o twitter @CQC com a hastag #correndoatras.

Fonte Blog do TAS

Hoje faz 1 ano que a @linasilva faz ilustras para o Roteiro do CQC, e muitas das inspirações que ela teve nasceram dos spoilers deste blog. Nos sentimos lisonjeados em poder contribuir para o trabalho desta talenta e querida CQCista! Que venham muito mais ilustras!! (Montagem by @kildaresena)

domingo, junho 26, 2011

Spoilers do CQC 144

O eBand não liberou os Spoilers do CQC desta semana mas a equipe do CQC Blog não te deixa na mão.
Fizemos uma superinvestigação (que mentira!) e conseguimos apurar alguns spoilers do que vai rolar no CQC de amanhã:

Documento da Semana sobre Fobias - Danilo Gentili enfrentou um medo antigo para fazer o quadro: a altura (http://twicsy.com/i/42iBc). Será que ele conseguiu saltar de paraquedas?

 ''ALE #life 

Oscar Filho foi a Cananéia, litoral de SP, apurar uma denúncia no transporte público da cidade.

 Fábio Chaves 



Felipe Andreoli foi conferir a Final da Libertadores e levou um presente do CQC para o craque Neymar: um dicionário com frases em Espanhol. Um jornal espanhol viu o presente no CQC e noticiou a transferência do atacante para o Real Madrid (confira a nota )


Resta 1 com o Rei do Futebol, Pelé
CQTeste - gravados com a cantora Paula Toller, a banda Tihuana, o lutador Mauricio "Shogun" Rua
Controle de Qualidade em Brasília
Parada Gay

Spoilers Top Five

Apresentadora de telejornal cai ao vivo


Apresentador do SBT se confunde ao falar Harry Potter




Laila Dominique no Qual É o Seu Talento do SBT

sexta-feira, junho 24, 2011

TAS sera homenageado na Parada Gay de SP

Marcelo Tas, apresentador do programa “CQC”, da TV Bandeirantes, será homenageado pela Associação da Parada LGBT – nomenclatura politicamente correta do evento conhecido como Parada Gay, que acontece no domingo (26/5) em São Paulo. Ele vai receber o Prêmio Cidadania em Respeito à Diversidade.

A informação é da coluna Mônica Bergamo publicada nesta quinta-feira (23/6) no jornal Folha de São Paulo.

Há alguns meses, após declarações homofóbicas do deputado Jair Bolsonaro no “CQC”, Tas revelou que tem orgulho de sua filha Luiza Athayde, homossexual assumida, que conta com todo o seu apoio.



Reveja o artigo http://www.cqcblog.com/2011/04/marcelo-tas-fala-sobre-filha-gay-no-cqc.html.

Fonte Pipoca Moderna

quinta-feira, junho 23, 2011

Agora e Tarde: programa do Danilo Gentili estreia 29 de junho

O mais polêmico participante do CQC, Danilo Gentili, vai, enfim, estrear um programa só seu. A Band confirmou a estreia de Agora É Tarde, o talk show do comediante, na próxima quarta (29). A atração será exibida nos fins de noite de quarta e quinta.
Equipe do programa conta com humoristas famosos

Danilo diz que vai misturar entrevistas com humor. Ainda haverá pitadas musicais, já que a banda Ultraje a Rigor também integra a atração - uma espécie de Sexteto do Danilo, tal qual o Jô Soares.

- Agora é Tarde é o programa que eu sempre sonhei fazer, com humor descontraído, condizente com o formato e tudo a ver com a minha origem no stand-up.

O novo apresentador da praça faz questão de enfatizar que não deixará o CQC, do qual é o repórter mais famoso.

- Faço o programa que eu gostaria de ver no meu fim de noite. Estou com meus amigos, falando um monte de bobagem”.

O programa noturno terá também o humorista Marcelo Mansfield e os repórteres Murilo Couto e Léo Lins.

O diretor de programação da Band, Hélio Vargas, afirma que o projeto está calcado no "puro entretenimento". O executivo da Band chamou Danilo de "um grande comunicador". Já o diretor do programa, Marcelo Zaccarioto, quer que o clima seja de brincadeira o tempo todo, sempre com um pé nos assuntos da atualidade.
Danilo Gentili será o Letterman tupiniquim?

A atração é feita em parceria pela Band com a produtora Cuatro Cabezas, a mesma do CQC. Conhecido por não dominar sua língua, Danilo afirma ainda que fará "humor leve" e jura que não tem dificuldade de trazer convidados à sua atração, como saiu na imprensa.

- Lá no CQC eu aguço o meu lado ácido e incisivo, por ter uma abordagem política, já no Agora É Tarde faço piadas numa roda de amigos.

É esperar para ver.

Fonte R7

terça-feira, junho 21, 2011

Analise do CQC 143 - por Pedro Rech


Saudações, leitores incultos. Se o CQC da semana passada (aparentemente, apenas na opinião do humilde analista que vos fala) foi fraquíssimo, o dessa semana não se saiu tão melhor assim. Marcelo Tas, em sua primeira fala no programa desta segunda-feira, afirmou categoricamente que seria a melhor edição do ano até aquele momento. Não poderia ter passado mais longe disso. Entenda a seguir.



Pontos Altos: 
Nos panteão das matérias dessa semana, assustadoramente reduzido, diga-se, em primeiro lugar é preciso citar o sempre espetacular “Controle de Qualidade”, dessa vez, facilitando a vida de nossos queridos parlamentares com questões de nível escolar. Uma pena que, mesmo assim, os cérebros continuam com capacidade reduzida nos corredores do planalto.

Indo em frente, nada mais elementar também do que citar o sempre sensacional “Documento da Semana”, dessa vez, sobre a questão da hierarquia no trânsito. Tema batido, todavia, abordagem primorosa (um bônus especial aqui para o extremamente bem bolado, em termos visuais, segmento onde a câmera aérea registrava as barbaridades do tráfego paulistano).

Também primordial enquadrar aqui mais um espetacular “Proteste Já”, dessa vez, sobre irregularidades no abastecimento de água em Osasco, SP. Por fim, só me resta citar simplesmente o melhor “Top Five” do ano (e, curiosamente, o único até agora que Tas não declarou ser o melhor do ano), e o sempre válido “#Correndoatrás”, que eu vergonhosamente esqueci de mencionar na análise da semana passada. Sinto muito.


Pontos Intermediários: 
Aqui, será citado praticamente 80% do programa desta segunda-feira. Em primeiro lugar, claro, figura aqui a matéria de Felipe Andreoli no São Paulo Fashion Week, matéria engraçadinha, apenas.

Em frente, um momento ao qual eu nunca pensei que veria em vida: a estréia do aguardado quadro “Resta Um”, na sua primeira edição com a segunda cobaia oficial do CQC (sendo a primeira o senador Eduardo Suplicy), Agnaldo Timóteo. Verdade seja dita, o quadro tem muito potencial, porém, graças a um Timóteo menos “polêmico” que o de costume, e com a apresentação de um Danilo Gentili pouco inspirado, essa estréia foi, na melhor das hipóteses, média. Edições melhores virão, espero.

Novamente, eis aqui o camarada Andreoli, pela primeira vez cobrindo uma partida da seleção brasileira de vôlei. A iniciativa foi válida, e cobrir uma partida de vôlei sob a ótica de um Brasil bitolado pelo futebol foi uma boa sacada, mas não adianta, matérias esportivas desse gênero nunca angariam grandes momentos.


Aqui, mais quadros fixos do programa: primeiro, o “Identidade Nacional”, que anda em uma preocupante crise existencial: por um lado, não está sendo (e nunca o foi, na realidade) sério o suficiente para render reflexões profundas sobre o comportamento do cidadão brasileiro, por outro lado, não anda sendo pastelão o suficiente para se salvar por meio da vergonha alheia que o quadro normalmente gerava. Preocupante. O outro quadro fixo que me resta citar aqui, como não poderia deixar de ser, é o “O Povo Quer Saber”, que graças aos convidados da semana, a banda NX Zero, teve teor de graça beirando a porcentagem nula.

E, finalmente, me vejo com a triste incumbência de citar a matéria de meu grande amigo, Rafael Cortez, na festa Skol Sensations (matéria publicitária é apelido). Creio que maiores explicações para tal colocação sejam desnecessárias. Sr. Cortez, é seu dever culpar a produção do CQC pela sua aparição recorrente aqui nos pontos intermediários. Caso semana passada sua matéria em Brasília tivesse sido exibida, como o prometido, você teria tido um lugar de honra reservado na parede da memória dos grandes momentos do CQC. Como não é o caso, precisamos nos contentar com o que temos.

Pontos Baixos: 
Vocês, queridos e inexistentes leitores, ainda possuem alguma dúvida? É claro que eu não poderia deixar de colocar aqui o meu querido “CQTeste”, dessa vez, com o deus das piadas de tiozão, Carlos Alberto de Nóbrega. Aliás, notaram que Kleber Bambam não está figurando no ranking oficial do quadro? Não que isso signifique muito, mas, que lástima, Sr. Cortez. Fizeram a besteira e agora tem vergonha de assumir a pontuação de Bambam? Lamentável.


Nota: 7
Audiência: O CQC marcou 6 pontos de média, pico de 8 e participação de 12%
E vocês, leitores incultos? O que acharam do programa desta segunda-feira? Que tal um bolão para apostarmos em quem vai ser o integrante do CQC que será assassinado por um político em breve? Bom, se bem que todos devem saber que será o Gentili, claro. Deixe sua opinião ali nos comentários e vamos celebrar a democracia porque, pelo menos por enquanto, a internet ainda é um espaço livre do controle governamental. Até semana que vem!

Rech, nasceu na primavera de 1992 em Caxias do Sul, RS. Após concluir o ensino fundamental e médio sem grandes destaques, cursa jornalismo na Universidade de Caxias do Sul, igualmente sem grandes destaques. Quando criança gostava muito de assistir Chapolin e hoje considera o bacon a oitava maravilha do mundo. Twitter pessoal: @pedroffr




Leia todas as análises do CQC escritas pelo Pedro http://www.cqcblog.com/analise do cqc

Leia outros posts do CQC 142 http://www.cqcblog.com/CQC143 

CQC 143 - Videos e Frases

Toda semana, o parceiro @MircMirc  coloca os vídeos do CQC no Youtube. Quem não conseguiu a assistir programa ou quer rever alguma matéria é só chegar.


CQC 143 - Roteiro
SAO PAULO FASHION WEEK
RESTA UM: AGNALDO TIMÓTEO
VOLEI: BRASIL X PORTO RICO
IDENTIDADE NACIONAL
CONTROLE DE QUALIDADE
DOCUMENTO: PEDESTRES E CICLISTAS
PROTESTE JÁ: OS SEM-ÁGUA
O POVO QUER SABER NXZERO
CQ TESTE: CARLOS ALBERTO DE NÓBREGA
SKOL SENSATION

TOP 5

#CORRENDOATRAS


Vídeos do CQC 143


Frases do CQC 143 - Escolhidas pelo blog oficial do CQC
O Baixinho está se saindo tão bem no Congresso quanto nos Campos. Grata surpresa!

O “Custe O Que Custar” desta segunda, dia 20, mostrou para o Brasil que poetas não nos faltam. Dos consagrados aos que buscam um lugar ao sol, os entrevistados do programa se revelaram grandes candidatos ao seleto grupo de pessoas que serão lembradas mais pelas palavras do que pela própria imagem. E é por isso que elas estão aqui, na seção “Saca Só”. Segure-se na cadeira!

“Eu faço coleção de camisinha” – Cazé, revelando uma mania que, segundo ele, deveria ser tendência no mundo fashion.

“Está melhor que o seu cabelo” – Sabrina Sato e sua franja – digamos – peculiar. A japa disparou essa pérola ao repórter Felipe Andreoli, que não teve direito de resposta. Nem de indicar um cabeleireiro para a apresentadora.

“Estou pau da vida com o Paulo Maluf” – Agnaldo Timóteo, estrela da estreia do quadro “Resta Um”.

“6x6? 36!” - Protógenes Queiroz (PCDdoB-SP), fazendo com que os grandes mestres da matemática se contorcessem em seus caixões.

“O Collor foi o melhor presidente que o Brasil já teve” – Agnaldo Timóteo. Precisa comentar?

Veja outras postagens do #CQC143 http://www.cqcblog.com/CQC143

segunda-feira, junho 20, 2011

CQC 143 - Roteiro

ilustra @linasilva "Rafinha Bastos achando que veria mamilos polêmicos na SPFW hahaha"

SAO PAULO FASHION WEEK
SIGILO NAS CONTAS DA COPA
IDENTIDADE NACIONAL
CONTROLE DE QUALIDADE
DOCUMENTO: PEDESTRES E CICLISTAS
PROTESTE JÁ: OS SEM-ÁGUA
CQ TESTE: CARLOS ALBERTO DE NÓBREGA
JOTA QUEST
SKOL SENSATION
VOLEI: BRASIL X PORTO RICO
TOP 5
RESTA UM: AGNALDO TIMÓTEO
#CORRENDOATRAS

CQC 3.0 (após o encerramento da transmissão na TV, o programa continua aqui por 30 minutos na Internet. Para interagir ao vivo com a gente no estúdio, clique aqui)

AVISO AOS NAVEGANTES: este roteiro é apenas um guia. Poderá sofrer alterações, amputações e inversões até a hora e, principalmente, durante a transmissão do programa, que é ao vivo. Relaxem e divirtam-se. Bom programa a todos!
Band, 22h15

Para ir ao estúdio: registre-se no site oficial CQC

(*) #CORRENDOATRAS
Agora, o seu VIDEO ou FOTO pode aparecer no CQC. Basta caprichar em apontar algo que você não esteja gostando aí na sua cidade, tomar uma atitude CQC e enviar para o twitter @CQC com a hastag #correndoatras.

Fonte Blog do TAS

domingo, junho 19, 2011

CQC 143 - Spoilers

No CQC desta semana, Felipe Andreoli confere a São Paulo Fashion Week e mostra todos os bastidores da semana de moda mais famosa do país, repleta de celebridades e fashionistas.
Imagem @sigamelissa

No quadro "O Povo quer saber", os meninos do NX Zero estão na berlinda respondendo às perguntas mais malucas dos telespectadores e no CQTeste, Carlos Alberto de Nóbrega, ícone da televisão brasileira, enfrenta Rafael Cortez.

E mais: os quadros "Documento da semana" com o tema pedestres e ciclistas, "Identidade Nacional" e "Controle de qualidade", no Congresso Nacional.

Fonte eBand

E mais Rafinha Bastos foi visto gravando para o CQC em SP.

Rafael Cortez gravou na Skol Sensation

E Felipe Andreoli conferiu o Jogo da Seleção Masculina de Volei em SP

Spoilers Top Five

Motoqueiro Trolla reporter na afiliada da Globo de MG


Ana Maria Braga explica erupção de vulcões usando refrigerante



sábado, junho 18, 2011

Caso Bolsonaro: relator quer ouvir o CQC

Relator de caso Bolsonaro quer ouvir Preta Gil e Marcelo Tas

O apresentador do programa "CQC", da TV Band, Marcelo Tas, e a cantora Preta Gil podem prestar esclarecimentos no Conselho de Ética da Câmara sobre as acusações de quebra de decoro contra o deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ). O convite a ambos será feito pelo relator do caso, deputado Sérgio Brito (PSC-BA).

"Assim como quero ouvir Bolsonaro, quero também ouvir todos os outros envolvidos, para poder fazer o melhor relatório. Espero que eles me ajudem", disse Brito.

O processo contra Bolsonaro foi instaurado na última quarta-feira no Conselho da Câmara. A representação, de autoria do PSOL, cita dois episódios. A primeira denúncia é pela polêmica entrevista concedida ao CQC, em março passado. Ao ser questionado por Preta Gil sobre qual seria a reação dele se seu filho se apaixonasse por uma negra, o parlamentar respondeu: "Preta, não vou discutir promiscuidade com quem quer que seja. Eu não corro esse risco e meus filhos foram muito bem educados. E não viveram em ambiente como lamentavelmente é o teu".

O outro fato citado na representação é a briga entre Bolsonaro e a senadora Marinor Brito (PSOL-PA), na Comissão de Direitos Humanos do Senado. Ela também será chamada a prestar esclarecimentos. Após a retirada do projeto que criminaliza a homofobia da pauta de votação, enquanto a relatora da proposta, Marta Suplicy (PT-SP), concedia entrevista, Bolsonaro exibiu um panfleto contra a ampliação dos direitos dos homossexuais, o que irritou Marinor. Ela tentou impedir que o deputado exibisse o panfleto e o chamou de homofóbico, provocando uma discussão.

Um relatório preliminar será apresentado no dia 29 no Conselho de Ética por Sérgio Brito. Ele já deu indicativos de que deve acatar a representação. A partir daí, Bolsonaro terá dez dias para apresentar sua defesa. Depois, o relator terá mais 40 dias úteis para preparar seu relatório final e outros dez para apresentá-lo ao conselho. Ou seja, serão cerca de 60 dias úteis até o término do processo.

Integrante da Frente Parlamentar Evangélica, Brito disse que isso não influenciará na sua decisão. "Minha crença não vai decidir o meu voto".

Fonte Agência de Notícias

sexta-feira, junho 17, 2011

CQC 3.0 concurso Mamilos Polemicos


Pense bem….pra que os homens tem mamilos? Por que tem gente que nasce com 3 mamilos? Por que existem mamilos de varias tonalidades? Por que sua mãe tem pêlo no mamilo? by Não Salvo

Imagem Tumblr

As incessantes tentativas de Rafinha Bastos de conferir os mamilos dos internautas que participam do CQC 3.0 motivou a produção a lançar o concurso “Mamilos Polêmicos”. O lançamento da brincadeira aconteceu no CQC 3.0 da última segunda, dia 13.

A mecânica da ação é simples: ignorando a pornografia e priorizando a criatividade, você, leitor, pode enviar para as fotos/montagens do que considera “mamilos polêmicos” para o CQC 3.0 através do e-mail é mamilos@band.com.br.

Mamilos são muito polêmicos






Toda semana terá uma seleção das melhores imagens, que serão exibidos pelos apresentadores da bancada mais divertida da internet. Envie quantas fotos quiser! O Rafinha agradece.

Fonte Blog Oficial do CQC

quarta-feira, junho 15, 2011

Agora e Tarde: Foto do Elenco

O elenco de 'Agora é Tarde': Danilo Gentili ao fundo, Murilo Couto, Marcelo Mansfield, Roger e Leo Lins

A equipe do Agora é Tarde postou uma foto de divulgação do elenco que fará parte do novo programa de Danilo Gentili. Previsto pra estrear ainda neste mês, na Band, o humorista aparece comendo uma banana ao lado de amigos de stand-up Murilo Couto, Marcelo Mansfield e Leo Lins. O músico Roger, do grupo Ultraje a Rigor, vai comandar a banda oficial do programa.

"Agora É Tarde" tem estreia prevista para este mês. "Essa turminha aí vai aprontar mil e uma peripécias numa madrugada pra lá de muito louca", adiantou Gentili no Twitter.

Ao retuitar a foto em seu perfil, Danilo Gentili recebeu a "provocação" do amigo do CQC Marco Luque. "Não perco por nada! Só para ver onde vai dar m****", brincou o homem de preto.

Fonte eBand e Terra

Rafael Cortez lança cd de musica instrumental em SP

Rafael Cortez faz show de lançamento do primeiro CD solo em São Paulo
Por Rene Castro

O humorista e repórter do “CQC” Rafael Cortez estará no Teatro Tuca, em São Paulo, no próximo dia 15, às 21h, para lançar o seu primeiro CD solo. Intitulado “Elegia da Alma”, o disco é o resultado das criações do músico entre 1996 e 2010. A apresentação é instrumental, realizada apenas com violão, e tem como grande diferencial a faceta musical de Cortez, até então desconhecida pelo grande público. Ele é também jornalista, formado pela PUC-SP.

"Ao longo de 15 anos brincando de fazer música, percebo hoje como essas melodias falam bem de minha trajetória de estudos e afinidades com o violão. Para mim, essas obras mostram três momentos de composição - e esses momentos, muitas vezes, aconteceram e acontecem paralelamente", comenta o músico, que tinha como projeto de vida ser um violonista erudito.

Cortez conta que dividiu suas obras entre as emotivas, nascidas de vivências e sentimentos pessoais, e as experimentais. As 15 peças mostram estes três momentos de composição.
As músicas “Ponte Aérea”, “Maninha”, “Helena”, “Elegia da Alma” e “Rua das Estrelas Sírius” foram feitas a partir do trabalho do violonista espanhol Andrés Segóvia (1893-1987), uma herança dos estudos clássicos de Rafael.

“Badica”, “Naquele Tempo”, “Cordel de Guilherme de Faria”, “Saudades da Bossa” e “Quando Danço Com Seu Corpo” são influenciadas diretamente pelo trabalho da cantora e violonista Badi Assad. A sequência mostra a fase da redescoberta do prazer de Cortez em tocar violão e seu flerte com o instrumento modernizado.

“Encantada’, “A Tocaia” (tema e variações) e o improviso contido na faixa bônus “O Velho Diálogo de Adão e Eva” são as músicas que “contam causos”, por assim dizer. São as que descrevem a trajetória de uma artista ou que oferecem uma leitura musical de obras ou trechos de clássicos da literatura, como “O Tempo e o Vento”, de Érico Veríssimo”, ou “Memórias Póstumas de Brás Cubas”, de Machado de Assis.

O álbum foi totalmente idealizado, dirigido, produzido e financiado pelo artista, e pode ser encontrado no Comedians Club e nas principais lojas da Livraria Cultura. Saiba mais sobre o projeto no www.rafaelcortez.com/elegiadaalma.

Serviço:
Show de lançamento do CD “Elegia da Alma”, de Rafael Cortez
Quando: 15 de junho, às 21h
Onde: Teatro Tuca - rua Monte Alegre, 1024 – São Paulo
Quanto: R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia)
Informações no www.ingressorapido.com.br



Fonte eBAND

Já comprou seu ingresso?

Update

Entrevista deliciosa na Folha sobre o lançamento do cd do @cortezrafa Elegia da Alma http://migre.me/51eRn

Repórter do "CQC", Rafael Cortez lança álbum como violonista





Fonte Las Cortezas

terça-feira, junho 14, 2011

Analise do CQC especial Mentira por Pedro Rech


Saudações, leitores incultos. Após minha lamentável ausência semana passada, eis que para o gozo de alguns e a desgraça de tantos outros, como de meu grande amigo Rafael Cortez, estou de volta (e espero que vocês tenham sentido tanta falta de ler este lindo espaço da blogosfera brasileira quanto eu tive de escrevê-lo). Vocês, leitores tradicionais e inexistentes, sabem que eu sempre faço o possível para poupar o CQC no geral de duras críticas (com exceção do bom e velho “CQTeste”, que eu sempre fiz questão de maldizer). Porém, nesta semana, não me será possível ser tão eufêmico como sempre. A grande verdade é que o CQC “especial” sobre a mentira foi, de fato, especial. Afinal, foi provavelmente uma das piores edições até a presente data.

Inicialmente, superada a estranheza de termos tido um especial do tipo, assim, pela primeira vez, e sem absolutamente nenhuma data ou ocasião que justificasse o tema do especial (ainda se tivesse sido no primeiro de abril, e não em idos de junho), foi possível observar que, se por um lado todo o clima do especial fez o CQC sair do lugar-comum, por outro, o tema gerador do programa limitou, e muito, as matérias. Entenda a seguir.


Pontos Altos: 

Começando literalmente pelo princípio, é necessário citar o início do programa, com os membros da bancada “trocados”. Foi um momento deveras pastelão, é claro, todavia, devo dar o braço a torcer: foi divertido.

Sempre em frente, é preciso citar também o “Documento da Semana” sobre a previsão do futuro em suas mais diversas formas. Aqui, onde normalmente caberia meu comentário crítico da semana, não tenho tanto a dizer, afinal, a matéria sintetizou muito bem todas as possíveis linhas argumentativas que eu poderia vir a utilizar aqui. Não que prever o futuro seja impossível (ao menos, não é impossível se aceitarmos a estrutura do tempo como uma circunferência, e não como uma linha reta), pelo contrário, mas jamais será através de uma cebola (sério?!) ou de borra de café, e sinto sincera vontade de chorar ao constatar que existe gente que de fato compra esse lixo.

Também é vital figurar aqui o “O Povo Quer Saber” (que de “povo” aparentemente não teve nada), de novo com o senador Eduardo Suplicy, que já havia participado do quadro (respondendo a questões semelhantes, inclusive), porém, dessa vez, regido por um polígrafo. O quadro foi sensacional, claro, mas cabe aqui algumas pequenas considerações sobre o exame do polígrafo que muitos podem desconhecer. A realidade é que o polígrafo tem tantas chances de dizer se alguém está falando a verdade ou mentindo do que apostar a resposta correta no cara ou coroa. Afinal, o exame inteiro se baseia no preceito secular de que quando alguém mente, seus batimentos cardíacos (e por consequência, a pressão sanguínea) aumentem. Assim, havendo alteração nos registros cardíacos, a pessoa estará mentindo. Porém, os batimentos cardíacos podem ser acelerados simplesmente pelo próprio nervosismo de se estar sendo submetido ao teste. Da mesma forma, existem inúmeros casos registrados de pessoas que desenvolveram formas de “controlar” seus batimentos durante o exame. Vocês nunca se perguntaram porque o detector de mentiras não é utilizado em casos jurídicos, se é uma máquina tão milagrosa quanto aparenta? Ele simplesmente não é válido pois não se trata de ciência de verdade. Claro, há também a questão de que o réu tem o direito de não produzir evidências contra si próprio, mas isso não vem ao caso.

Ademais, tenho que mencionar o espetacular “Proteste Já” (que, verdade seja dita, não foi um “Proteste Já” de verdade). Esse formato do especialista em linguagem corporal analisando discursos de grandes figuras públicas, se me permitem, deveria virar quadro fixo. Uma idéia tão simples, como tudo o que é genial.

Por fim, só me resta citar o sensacionalTop Five”, que não foi exatamente engraçado, mas só por ter trazido de volta à superfície o caso do Gugu entrevistando os “membros do PCC”, que foi facilmente o momento mais cretino da história da televisão brasileira.



Pontos Intermediários: 
Aqui, um apanhado de matérias com as mesmas características: bem feitinhas, mas sem a menor graça ou relevância. Sendo elas, a reportagem de Felipe Andreoli e as mentiras no futebol, a reportagem de Mônica Iozzi e as mentiras no mundo das celebridades e, novamente mencionando Andreoli, sua cobertura à despedida de Ronaldo.

No mais, tenho que citar aqui a manteria de Mônica Iozzi e a fraude dos mapas astrais. Teria sido uma grande matéria, se o americano James Randi, pessoalmente, um dos meus grandes heróis, não tivesse feito exatamente há mesma coisa anos atrás (e de forma muito mais eficiente, diga-se). Vejam com seus próprios olhos aqui: http://www.youtube.com/watch?v=3Dp2Zqk8vHw (está sem legendas, portanto, o leitor monoglota terá que confiar em mim).

Por fim, me resta apenas citar a edição mais meia-boca de toda a história do “Identidade Nacional”, nem tanto pela falta de inventividade das situações apresentadas, mas por elas não terem tido a menor graça.



Pontos Baixos: 
Alguém ainda tem alguma dúvida? É claro que eu ia colocar aqui o adorável “CQTeste”, dessa vez, com Kleber Bambam. Ok, ok, a idéia de fazer o Bambam parecer um gênio foi interessante, mas não adiantou: a obviedade da coisa toda (em pensar que existe gente que acha que foi um teste “sério”) só fez com que o quadro ficasse ainda mais constrangedor que o normal. Sinto muito, Cortez. Ainda espero receber uma cópia autografada de seu álbum.

Para contrabalancear minhas críticas ao Sr. Cortez, devo acrescentar que outra grande defecada do programa desta segunda-feira foi a ausência da anunciada, e aguardada, matéria de Rafael Cortez em Brasília, algo que não víamos desde a crise das passagens aéreas, lá em 2009, salvo engano. Com tantas matérias nulas que poderiam ter sido retiradas no lugar desta, vocês deveriam se envergonhar, produção do CQC.

Nota: 6,5
Audiência: O CQC teve 5,3 de média no ibope, alcançando picos de 8,1.

E vocês, leitores incultos? O que acharam do programa desta segunda-feira? Estarei eu sendo um chato ou o CQC desta segunda-feira terá sido realmente essa porcaria que eu tentei expressar aqui? Que outros especiais estariam por vir? Deixe sua opinião ali nos comentários e vamos celebrar a democracia porque, pelo menos por enquanto, a internet ainda é um espaço livre do controle governamental. Até semana que vem!



Rech, nasceu na primavera de 1992 em Caxias do Sul, RS. Após concluir o ensino fundamental e médio sem grandes destaques, cursa jornalismo na Universidade de Caxias do Sul, igualmente sem grandes destaques. Quando criança gostava muito de assistir Chapolin e hoje considera o bacon a oitava maravilha do mundo. Twitter pessoal: @pedroffr


Leia todas as análises do CQC escritas pelo Pedro http://www.cqcblog.com/analise do cqc
Leia outros posts do CQC 142 http://www.cqcblog.com/CQC142

Videos e Frases do CQC 142 - Especial Mentira

Toda semana, o parceiro @MircMirc  coloca os vídeos do CQC no Youtube. Quem não conseguiu a assistir programa ou quer rever alguma matéria é só chegar.



Roteiro do  CQC 142

AS MENTIRAS DOS FAMOSOS
IDENTIDADE NACIONAL: VIGARISTAS
PESQUISA FOCUS GROUP CQC: TROCANDO O MAPA ASTRAL
DOCUMENTO DA SEMANA: CHARLATÕES
PROTESTE JÁ: MINTA PARA MIM
CQ TESTE: KLÉBER BAMBAM
AS CINCO MAIORES MENTIRAS DO FUTEBOL
DESPEDIDA DO RONALDO
TOP 5
Senador Eduardo Suplicy passa pelo teste do polígrafo
#CORRENDOATRAS
CQC 3.0 -Concurso Mamilos Polêmicos

Vídeos do CQC Especial Mentiras



Frases do CQC 142 - Especial Mentira, escolhidas pelo blog oficial do CQC
Inspirado por um “CQC” repleto de mentiras, a seção “Saca Só” repercute o que de melhor (?) foi dito no programa desta semana. Confira abaixo a seleção de frases desta semana.

“Eu já chupei laranja batizada na Colômbia” – Neto, ex-jogador do Corinthians e comentarista da Band, contando uma história pra lá de suspeita.

“Mentir tem que entrar na lei mundial” – Carlinhos Brown, músico, em um momento de desabafo.

“Disco de ouro é mentira. É de plástico aquela merda” – Faustão, apresentador que agora só fala verdades.”

“Você tem que entender que na época [do BBB1], o refrigerante era R$ 1 e hoje é R$ 3” – Kleber Bambam, valorizando os R$ 500 mil que faturou na primeira edição do reality show.

“O Vinícius de Moraes era para ser um grande amigo meu” – Kleber Bambam, impedido de dividir seus conhecimentos com um dos maiores pensadores do país.

segunda-feira, junho 13, 2011

CQC 142 - Roteiro

CQC de hoje é temático: a MENTIRA
ilustra @linasilva

AS MENTIRAS DOS FAMOSOS
AS PROMESSAS DOS POLÍTICOS
IDENTIDADE NACIONAL: VIGARISTAS
PESQUISA FOCUS GROUP CQC: TROCANDO O MAPA ASTRAL
DOCUMENTO DA SEMANA: CHARLATÕES
PROTESTE JÁ: MINTA PARA MIM
CQ TESTE: KLÉBER BAMBAM
AS CINCO MAIORES MENTIRAS DO FUTEBOL
ANIVERSÁRIO DO FHC
DESPEDIDA DO RONALDO
TOP 5
POVO QUER SABER: MALUF E ERENICE
#CORRENDOATRAS

CQC 3.0 (após o encerramento da transmissão na TV, o programa continua aqui por 30 minutos na Internet. Para interagir ao vivo com a gente no estúdio, clique aqui)

Fonte Blog do TAS

domingo, junho 12, 2011

CQC 142 - Spoilers

No CQC desta segunda-feira você vai ver.
Tudo sobre o ataque dos EUA a Argentina

Documento da Semana: o CQC foi parabenizar videntes pelos acertos nas previsões de futuro.

Mandingueira consegue arrumar namorada para o Danilo Gentili e Rafael Cortez.

Em Brasília - CQC vai conferir de perto o trabalho dos políticos na capital federal que labutam de segunda a sexta das 8hrs as 17hrs religiosamente.

Felipe Andreoli traz tudo sobre a Libertadores do Corinthians conquistada no Itaquerão.

Top Five -  o melhor Top Five da História do CQC

E mais: Casamento do Gianechinni com linda estrela de Hollywood.

PS: O quadro Controle de Qualidade foi suspenso porque os políticos já sabem tudo!!
PS2: Não teremos Proteste Já esta semana pois não tivemos nenhuma denúncia. Tudo em ordem no Brasil.
PS3: Vendo. Tratar 9999-9999 :D



Qual a maior mentira que o #CQC vai contar amanhã??

Leia também:
http://www.cqcblog.com/2011/06/cqc-faz-programa-especial-sobre-mentira.html

http://www.cqcblog.com/2011/03/pegadinha-do-cqc-eua-atacam-argentina.html

Listinha com as trinta mentiras mais contadas (via Lista10)

1. ADVOGADO: – Esse processo é rápido.
2. AMBULANTE: – Qualquer coisa, volta aqui que a gente troca.
3. ANFITRIÃO: – Já vai? Ainda é cedo!
4. ANIVERSARIANTE: – Presente? Sua presença é mais importante.
5. BÊBADO: – Sei perfeitamente o que estou dizendo.
6. CASAL SEM FILHOS: – Visite-nos sempre; adoramos suas crianças.
7. CORRETOR DE IMÓVEIS: – Em 6 meses colocarão: água, luz e telefone.
8. DELEGADO: – Tomaremos providências.
9. DENTISTA: – Não vai doer nada.
10. DESILUDIDA: – Não quero mais saber de homem.
11. DEVEDOR: – Amanhã, sem falta!
12. ENCANADOR: – É muita pressão que vem da rua.
13. FILHA DE 17 ANOS: – Dormi na casa de uma colega.
14. FILHO DE 18 ANOS: – Antes das 11 estarei de volta.
15. GERENTE DE BANCO: – Temos as taxas mais baixas do mercado.
16. INIMIGO DO MORTO: – Era um bom sujeito.
17. JOGADOR DE FUTEBOL: – Vamos continuar trabalhando e forte.
18. LADRÃO: – Isso aqui foi um homem que me deu.
19. MECÂNICO: – É o carburador.
20. MUAMBEIRO: – Tem garantia de fábrica.
21. NAMORADA: – Pra dizer a verdade, nem beijar eu sei.
22. NAMORADO: – Você foi a única mulher que eu realmente amei.
23. NOIVO: – Casaremos o mais breve possível!
24. ORADOR: – Apenas duas palavras…
25. POBRE: – Se eu fosse milionário espalhava dinheiro pra todo mundo.
26. RECÉM-CASADO: – Até que a morte nos separe.
27. SAPATEIRO: – Depois alarga no pé.
28. SOGRA: – Em briga de marido e mulher não me meto.
29. VAGABUNDO: – Há 3 anos que procuro trabalho mas não encontro.
30. VICIADO: – Essa vai ser a última.

sábado, junho 11, 2011

CQC quer Lula na bancada do programa


'CQC' quer Lula entre os seus apresentadores

O humorístico ''CQC'', da Band, quer trazer o ex-presidente Lula à sua bancada em um futuro próximo, custe o que custar. A equipe comandada por Marcelo Tas não está medindo esforços para convencer o político mais popular do Brasil a ocupar por uma noite uma das cadeiras da atração.

Segundo o colunista Flávio Ricco, do UOL, o terno e os óculos escuros já foram providenciados e permanecem guardados, esperando o sinal verde de Lula.

Vale lembrar que Ronaldo, ex-atacante do Corinthians e da seleção, participou do programa no dia 14 de março.

Fonte Bonde

sexta-feira, junho 10, 2011

CQC faz programa especial sobre a mentira


Conforme disse Marcelo TAS no final do último CQC, a edição 142 será um especial sobre Mentiras.
O programa vem recheado de matérias especiais sobre este tema presente na vida de todos. No "Documento da Semana", tudo o que há por trás dos charlatões e suas previsões de futuro, amarrações para o amor, etc.

Mentira na política: o CQC manda o reporter Rafael Cortez à Brasília para falar sobre as mentiras clássicas da política nacional e no futebol, personalidades como Neto, Kaká, Renata Fan, Denilson e Milton Neves conversam sobre o tema.

Tem também um "Top 5" especial com as maiores mentiras da história do Brasil. Faustão, Thiago Lacerda, Ingrid Guimarães, Carlinhos Brown, entre outros, lembram as mentiras que já ouviram e também contaram.

Fonte eBand

Follow Us

Arquivo do Blog

Comunidade CQC Brasil

Postagens Populares

© CQC Blog - Custe o Que Custar All rights reserved | Theme Designed by Seo Blogger Templates