terça-feira, agosto 30, 2011

Analise do CQC 153 por Pedro Rech


Saudações, leitores incultos. Em uma tentativa desesperada, ao menos, assim pareceu ao humilde analista que vos fala, o CQC desta segunda-feira tentou romper com a monotonia e previsibilidade dos programas dos últimos meses fazendo um completo rodízio de repórteres. Afinal, tivemos Danilo Gentili em matérias esportivas, Rafael Cortez em matérias políticas, e, pasmem, até mesmo uma matéria solo do imortal Rafinha Bastos. Até certo ponto, essas pequenas mudanças garantiram um programa, ao menos, risível, Todavia, é mais do que certo que o efeito dessa tática desesperada é esparso como vapor: se for repetida semana que vem, não surtirá efeito algum. Portanto, presenciamos nesta semana apenas um interlúdio do que, estou a cada dia mais convencido, está sendo o início do fim. É claro que o CQC não acabará: ainda teremos muitos anos do resumo semanal de notícias pela frente. Mas, antes de o programa em si terminar, algo muito pior já está acontecendo. É o fim da ousadia. Vamos às considerações.

Pontos Altos:
Quem um dia sonharia em ver Rafael Cortez abrindo o panteão de matérias da semana? E quem um dia sonharia, ainda por cima, que seria em uma matéria política? Pois esse sonho, que provavelmente jamais passou pela mente de nenhum de nós, tornou-se realidade, e eis que figura aqui a matéria de um inspirado Rafael Cortez tentando eleger os piores políticos brasileiros. Indo em frente, nada de sonhos aqui: trata-se da mais simples rotina, com mais um ótimo “Proteste Já”, sobre uma ponte em estado irregular em Atibaia, SP.

Seguindo, eis talvez o verdadeiro ponto alto (quiçá, não só do programa desta segunda-feira, mas de todo o mês), o “Controle de Qualidade” encabeçado por Rafael Cortez. Mônica Iozzi sempre liderou o quadro com mão de ferro, mas teve um merecido descanso. Aliás, vale mencionar que as palmas para o Congresso, lideradas por Marcelo Tas no pós-matéria, não poderiam ter sido mais despropositadas. Receber o CQC no congresso é o mínimo do mínimo que se esperaria de qualquer democracia ocidental. Desnecessário.

Prosseguindo, é preciso citar o “Resta Um”, com o grande José Trajano, e o memorável “retorno” de Rafinha Bastos às matérias normais, nessa ocasião tão especial, cobrindo o evento do UFC no Rio de Janeiro.

Além disso, vale mencionar o tradicional “Top Five”, que nem de longe foi o melhor de todos os tempos, como anunciou Tas, e que, além disso, forçou a barra colocando William Bonner, novamente, na primeira colocação e que, o horror dos horrores, ainda contou com um lamentável pedido de desculpas por parte de Rafinha Bastos para com Daniela Albuquerque, seja lá quem for ela. Os valores de indenização envolvidos no hipotético processo com o qual Rafinha foi ameaçado deve ter sido alto para motivar tal pedido de desculpas.

E, por fim, nada mais me resta citar a não ser o sempre vital “#correndoatrás”.


Pontos Intermediários: 
No clima de rodízio de repórteres, começamos os pontos mornos da semana com a matéria do sumido Danilo Gentili no jogo Santos vs. São Paulo. Gentili será sempre um grande repórter. Por outro lado, matérias futebolísticas serão sempre matérias futebolísticas. Seguindo no clima esportivo, figura aqui a matéria de Felipe Andreoli na festa de comemoração aos 113 anos do Vasco, que foi curta demais para que se tornasse monótona.



Além disso, vale mencionar a divertidinha matéria de Mônica Iozzi no evento do Miss Universo e o mediano “O Povo Quer Saber”, com MV Bill.


Pontos Baixos: 
Entre os momentos da semana que não renderam nada além de suspiros de decepção, é preciso começar com a matéria de Felipe Andreoli na festa de lançamento do primeiro capítulo da novela “Fina Estampa”. A questão não é nem tanto a inutilidade da pauta, já que semana passada, em matéria quase idêntica, Andreoli conseguiu se sair muito bem. A questão aqui é que, simplesmente, em duas semanas seguidas de pautas inúteis como essa, não há Andreoli que resista.

Fora isso, para manter a tradição, nada mais esperado aqui do que o “CQTeste”, sempre ele, dessa vez com Ângela Ro Ro.

Nota: 7,5 

Audiência: o CQC alcançou 4 pontos no Ibope
E vocês, leitores incultos? O que acharam do programa desta segunda-feira? Há esperança, ou afinal de contas, o CQC está com seus dias contados? Temo em optar pelo caminho pessimista. E quanto a vocês? Deixe sua opinião ali nos comentários e vamos celebrar a democracia porque, pelo menos por enquanto, a internet ainda é um espaço livre do controle governamental. Até semana que vem!



Rech, nasceu na primavera de 1992 em Caxias do Sul, RS. Após concluir o ensino fundamental e médio sem grandes destaques, cursa jornalismo na Universidade de Caxias do Sul, igualmente sem grandes destaques. Quando criança gostava muito de assistir Chapolin e hoje considera o bacon a oitava maravilha do mundo. Twitter pessoal: @pedroffr

Leia todas as análises do CQC escritas pelo Pedrohttp://www.cqcblog.com/analise do cqc


Outras postagens do CQC 153  http://www.cqcblog.com/CQC153

Posted By: CQC Blog

Analise do CQC 153 por Pedro Rech

Share:

Post a Comment

Facebook
Blogger

4 comentários:

  1. Eu só discordo da parte do CQTeste! gostei bastante do Angela Rô Rõ..sei que a maioria não curte o quadro, mas eu gosto! rs
    Bom texto, mas eu daria nota 8 pro programa!

    ResponderExcluir
  2. O Cortez já fez umas matérias políticas, mas faz tempo, em 2008 e no começo de 2009 e esteve em Brasília para cobrir a visita do presidente Obama, tinha comentado aqui outro dia.

    Gustavo Pamplona - @MonicaIozziNews

    ResponderExcluir
  3. uma correção, Pedro: a aparição do William Bonner no Top Five do CQC da semana passada foi o 2º lugar, e não o 1º

    o 1º lugar foi a Daniela Albuquerque (apresentadora do programa "Manhã Maior" da RedeTV!, como você queria saber) tentar falar a palavra "Octógono". por isso, o tal pedido de desculpas do Rafinha no programa de ontem

    ResponderExcluir
  4. Só por curiosidade, por que você não fez a análise semana passada, Pedro? Fez falta rsrs

    ResponderExcluir

Orientações para a postagem de comentários do CQC Blog

Follow Us

Arquivo do Blog

Comunidade CQC Brasil

Postagens Populares

© CQC Blog - Custe o Que Custar All rights reserved | Theme Designed by Seo Blogger Templates