quarta-feira, outubro 05, 2011

Rafinha Bastos e a Insanidade Geral do Cotidiano

Uma Breve Análise: Rafinha Bastos e a Insanidade Geral do Cotidiano

Os fiéis leitores, em sua ânsia por consumo de conteúdo autoral de prestigiados produtores de conteúdo como o que vos fala, devem estar se perguntando onde estará a minha boa e velha análise semanal do CQC. A ânsia por ela, aliás, deve estar particularmente aguçada essa semana, tendo em vista todo o episódio com a suspensão de Rafinha Bastos. E, em verdade, vos digo: não analisei o programa na noite desta segunda-feira, e nem o analisarei enquanto essa medida absurda, que denota a inteligência sem tamanho (por tão diminuto seu tamanho, nem ao menos é existente) por parte da alta cúpula da Bandeirantes, permanecer. Óbvio que não sou ingênuo a ponto de pensar que isso vai sensibilizar quem quer que seja o responsável por essa decisão, e nem tenho aqui pretensões de tal. Trata-se apenas da minha manifestação pessoal como espectador médio, parte da audiência. Se os vilões de terno e gravata acharem por bem manter a suspensão de Rafinha, quem sou eu para exigir o contrário? Seja como for, para preencher o vácuo deixado pela ausência da análise, lhes presenteio com essas breves considerações sobre a proporção que a piada de Rafinha atingiu, e como ela revelou uma mancha negra que se espalha pelas próprias fundações do resumo semanal de notícias.
Imagem by @shannacapell

Primeiramente, sobre a piada em si: independente do conteúdo dela, como é possível uma piada com um indivíduo isolado gerar maior desaprovação do que com uma classe inteira? A bancada do CQC, e incluindo aí o hipócrita do apresentador Marco Luque (do qual falarei a seguir), desde o dia um, narra piadas, por vezes até mais pesadas, com judeus, usuários de drogas, homossexuais, mulheres e, claro, políticos. Por que um comentário de índole sexual com Wanessa Camargo pôde ser mais massacrada do que comentar, por exemplo, que se deseja torturar um político até a morte, tema corriqueiro na bancada? O elemento violento não seria pior do que o elemento sexual, por mais sórdido que possa parecer? Não quero dizer aqui que condeno todas essas piadas, muito pelo contrário. O que quero demonstrar é que o público em geral é o primeiro a rir quando Rafinha comenta que seu tio Nelson é um homossexual afetado, e é o primeiro a jogar tomates quando uma piada de mesmo nível é feito contra algo que eles consideram sagrado, ou intocável (sendo aqui tanto a Wanessa Camargo, quanto um bebê). É a velha história: quando é com os outros, é uma piada, quando é conosco, é ofensa.

Estabelecido o quão injustificada foi a repercussão da piada, resta agora expor a falta de sentido da atitude da Band, e dentro dela, dos próprios colegas de Rafinha. Marco Luque, antes que esse círculo de imbecilidade atingisse o diâmetro que acabou por atingir, declarou, por motivos mais do que duvidosos, seu repudio para com os comentários de Rafinha. Diz ele, por ser pai, “entender” a reação de Marcus Buaiz, marido de Wanessa Camargo, e principal expoente da tempestade. Além disso, acrescentou que foi uma piada “idiota e de mau gosto”. Sigam o dinheiro: Buaiz é sócio de Ronaldo, outro que, além de reprovar publicamente o comentário de Rafinha, anunciou seu rompimento com o CQC, aonde ele até chegou, se todos se lembram, a integrar a bancada no início do ano corrente. Ronaldo, amigo de Luque, por sua vez, o incluiu na milionária campanha publicitária da empresa de telefonia Claro. No mínimo, suspeito.

Acreditando que os seres humanos ainda não se destituíram completamente de suas almas, e que Marco Luque de fato agiu por uma sincera convicção, e não por dinheiro e prestígio, teria ele o direito de tal declaração? Se por um lado isso pareça no mínimo falta de camaradagem, não por mero corporativismo, mas até mesmo por uma honesta consideração por seu colega de trabalho, por outro, é um atestado de hipocrisia. Luque, afinal, é responsável por diversas piadas envolvendo sua infância e família, desde a escola “Dr. Adolf Hitler”, onde era aluno, até sua “avó Nóia”, sendo essa uma paródia com o estereotipo do viciado em crack. E é claro que não há nada de ofensivo, no mesmo nível do que Rafinha disse, ou talvez até mais, nessa série de piadas. Pasmem, até mesmo Marcelo Tas se voltou contra o pobre gigante gaúcho, mas pouparemos o nosso adorado careca dessas páginas, se não por outro motivo, por ele próprio não ter interesses escusos em tais declarações, como é o caso de Luque.

O que se tira de toda essa história é um claro despreparo, tanto da população civil como do poder público, de entender o que é viver em uma democracia. Afinal, se tanto Danilo Gentili quanto Rafinha Bastos já quase foram investigados pelo Ministério Público por suas declarações (enquanto Bolsonaros da vida destilam após dia seu veneno impunemente pela política brasileira), o que se esperar da própria Band, que, afinal, sendo parte da iniciativa privada, não precisa prestar contas de suas atitudes para com a população? Band essa, diga-se de passagem, que foi salva da falência tanto pelo CQC quanto pelo “A Liga”, ambas atrações que foram definidas pela participação de Rafinha. Eis aí um belo gesto de agradecimento, leitores.

É notório que o CQC, com ou sem medidas arbitrárias como essa, está em sua pior, e talvez derradeira, fase. O que acontece é que, antes da suspensão de Rafinha, tínhamos ao menos a certeza de que, se a coisa estava fraca, ao menos podíamos contar com a ampla liberdade concedida pela Band e com a sensação de que todos os membros originais, os que fizeram o programa ser o que ele é, ainda estavam lá, firmes e fortes, sempre os mesmos, mantendo vivo o espírito original da atração. Hoje, é triste constatar que nem ao menos com isso contamos. O que foi feito jamais será esquecido.



Rech, nasceu na primavera de 1992 em Caxias do Sul, RS. Após concluir o ensino fundamental e médio sem grandes destaques, cursa jornalismo na Universidade de Caxias do Sul, igualmente sem grandes destaques. Quando criança gostava muito de assistir Chapolin e hoje considera o bacon a oitava maravilha do mundo. Twitter pessoal: @pedroffr
Leia todas as análises do CQC escritas pelo Pedro http://www.cqcblog.com/analise do cqc


* O conteúdo do texto pode não expressar a opinião de toda a equipe do Blog
Posted By: CQC Blog

Rafinha Bastos e a Insanidade Geral do Cotidiano

Share:

Post a Comment

Facebook
Blogger

23 comentários:

  1. É só procurar no youtube pra ver que o próprio Marco Luque riu da piada, ao vivo, e depois vem com essas declarações hipócritas...

    Aliás, acompanho o CQC desde o início e nunca entendi o que o Marco Luque faz lá...

    ResponderExcluir
  2. De fato.

    Concordo em cada parágrafo, ponto e vírgula.

    ResponderExcluir
  3. Pow Rafinha,leia a matéria do jornal Folha de Vitória de hoje (05): O pai de Marcus Buaiz, Americo Buaiz Filho, publicou no jornal Folha de Vitória, do qual é dono, uma carta aberta sobre o caso Rafinha Bastos. Nela, o empresário condena a piada do humorista envolvendo sua nora Wanessa, na qual dizia "Comeria ela e o bebê": “Como sogro, como pai, como avô, como empresário de comunicação e, principalmente, como cidadão, tenho crença de que a punição 'temporária' de não mais co-apresentar o CQC se torne permanente porque como telespectador foi um prazer não ver um cretino continuar se utilizando de um veículo de massa para satisfazer seu próprio ego”. Por Redação Yahoo! | Redação Yahoo! Brasil – 05/10/11.

    Ou seja, o cara tá comendo mais gente que você e ainda diz que o cretino é você ?!?! Ah, eu sou cidadão, mas ele não me comeu, ainda!!! kkkkkkkkk
    Rafinha, sou teu fã e gostaria de te desejar muito mais sucesso !

    abç,
    Emerson Ribas

    ResponderExcluir
  4. Sabe, depois dessa, realmente a credibilidade da Band foi colocada em prova, e parece não ser muito boa. Agora eu fui pensar: O CQC começou com um teor de revolta, piadas bem ácidas, que rendiam até brigas corporais entre entrevistado e entrevistador, depois o programa foi se acomodando e parando de ser assim, hoje está sonolento e bobinho.
    Acho que a Band começou a ceder e deixar as pressões dos políticos e dos famosos incomodados mudarem o rumo do programa. O que faz questionar: É realmente Custe o que Custar ou será que é Conforme Quem Custear?

    ResponderExcluir
  5. O COMENTARIO CERTAMENTE FOI INFELIZ, JAMAIS CONCORDARIA COM TAL OPINIÃO, PORÉM, MUITAS OUTRAS ASNEIRAS LESA PÁTRIA SÃO COMETIDAS DIARIAMENTE E OS LADRÕES SE SAFAM , DEIXANDO OS POBRES MAIS POBRES AINDA! SOU COMUNICADOR TRABALHO EM UMA RÁDIO FM E OUTRA AM - E DIGO, QUEM AO VIVO, NÃO ESTÁ SUJEITO DE NA EMPOLGAÇÃO DO COMENTÁRIO OU DE NÃO PERDER A PÍADA, FALAR UMA ASNEIRA.
    TEM TANTA COISA SÉRIA PARA SE PUNIR NESTE PAIS, FRANCAMENTE.
    UM ABRAÇO RAFINHA.
    O LUCE, ESTE DEMONSTROU UM COMPANHEIRISMO FANTÁSTICO. ALIÁS REFORÇO, NÃO SEI O QUE ELE FAZ NA BANCADA....

    ResponderExcluir
  6. RAFINHA BASTOS
    sou mãe de um bebê e isso me tirou do sério, o comentário dele "eu comeria ela e o bebê" onde comer quer dizer transar, entao ele quis dizer que transaria com o bebê? piada de cunho pedófilo, isso é demais pra mim!!!!

    Eu acho que a esse indivíduo cabe o ostracismo, a imagem dele está desgastada e isso vai desgastar a imagem da emissora, que vem mostrando qualidade em seus diversos programas, pense bem... ele vale tudo isso mesmo? tem tanta gente talentosa por aí e principalmente com humildade, coisa que ele nao conhece.
    O ego dele está inflado por demais, ele fez chacota do afastamento do CQC. Esse cara tem q parar ou ser parado. Sinceramente acho que ele devia ser retirado terminantemente da emissora, do programa "a Liga" também. Ele tá muito pretencioso e isso se deve ao espaço que vcs estão dando pra ele, ele deve estar pensando "to nem aí, tenho o programa a liga tambem", vc estão criando uma cobra dentro da sua casa. daqui a pouco o ministério publico vai vir em cima dele por incitaçao a pedofilia... é esse o cara que vcs querem na sua emissora? VCS COLOCARAM ELE NO ALTO, TA NA HORA DE PUXAR O TAPETE!!!!!!
    Lidiana Melo

    ResponderExcluir
  7. Para uma emissora que já demitiu Jorge Kajuru por pressões políticas... isso aí não é nada.

    ResponderExcluir
  8. "incitaçao a pedofilia" [...] OMG, faz favor. Ele nunca disse que "transaria com o bebê". Que interpretação absurda, é de dar dó.

    Povo hipócrita! Fala e fala do Rafinha e depois vai assistir programas como "Two and a Half-Men" e "The Big Bang Theory" que tem piadas BEM similares às duas últimas que causaram tanto tumulto (Que são abordadas de formas diferentes... Mas isso não justifica, não é!?).
    Que tal aprendermos a levar a sério o que REALMENTE precisa ser levado a sério?

    ResponderExcluir
  9. A querida Luciana Melo, espero que alguem também diga "VOCES TEM QUE PARAR A LUCIANA MELO, OMG" "ELA FALA COISAS DE CUNHO VIOLENTO E AGRESSIVO" ... enfim, rafinha bastos foi infeliz por tocar na elite brasileira, se ele falasse de uma vendedora de feira, AH TÁ, que iam fazer tudo isso.

    ResponderExcluir
  10. foi um piada que eu não achei graça,. “Nem td que eles falam eu acho engraçado.”
    AGORA O QUE É PIADA é ver esse bando de hipócritas falando.
    Alias...! Sinônimo de brasileiro é: Hipócrita, sem vergonha, pilantra, malandro...
    Essa ‘rede’ ridícula chamada band, já passou da hora de falir; pode-se conta nos dedos, apenas de uma mão, programas que raramente você verá alguma coisa útil (salve-se CQC), essa desgraça televisível (band), tem a pachorra de tirar Rafinha Basto do ar,... (em nome do politicamente correto), porraNenhuma; em nome do dinheiro, é "CLARO", afinal de contas, essa “porra-fudida” tem que garantir os patrocinadores, que é "CLARO"; regem esse canal. Programação garantida mesmo; em canais aberto, só na Tv Escola e Tv Cultura. putaMerda.

    ResponderExcluir
  11. RAFINHA, VOLTE LOGO!!!
    ESTAMOS AGUARDANDO E FAREMOS ATÉ UM BAIXO ASSINADO SE FOR PRECISO!!!!

    ResponderExcluir
  12. VAI SE FUDE AANONIMAAAA QE É MAE SABE VCS MULHERES QUE NAO TEM AMIGOS NAO TEM CENSO DE HUMOR OK EELE FOI INFELIZ NA PIADA MAIS CRUSIFICALO POR TUDO QUE ELE FEIZ POR AQUELA EMISSORA???ELA SO TA LA POR CAUSA DELE E VCS ME DIZ EM CRUCIFICAR O CARA?!?!?! SABE OQ EU DIGO?SENSO DE HUMOR SE COMPRA EM TODA ESQUINA E NAO É CARO VIU ?

    ResponderExcluir
  13. Incrível como a hipocrisia é reinante na mentalidade desse povinho...sejamos sensatos ao menos: o cara fez uma merdinha, é certo, mas é mesmo necessário asfixiar e obliterar todo o talento, que por sinal é proporcional ao seu tamanho(gigante) de Rafinha Bastos??Pra mim, todo esse circo não passa de hipocrisia.Afinal, não poderiamos esperar outra coisa de um povo cujo passatempo é assistir a programinhas de fofoca...e quanto a ofendida, no caso Wanessa Camargo,ai está uma pessoa que se sumisse não faria falta alguma, já se derem cabo do rafinha...CQC QUE SE CUIDE!SEM RAFINHA, SEM AUDIÊNCIA.

    ResponderExcluir
  14. Pior q escutar as inúmeras "bobagens" bem diferente de "piadas" do Rafinha é ver esse povo dando 1 milhão de motivos para minimizar o ocorrido. É a band q é mal agradecida, q políticos fazem coisas piores, é por q o comentario foi diretamente a Wanessa (pop star)e blá blá blá. Gente, não simpatizo nem um pouco com WC e fiquei pessoalmente ofendida, por isso não é a toa essas enxurradas de detonações, são pessoas q tem mãe, irmã e filhas. Respeito é bom e todo mundo gosta.

    ResponderExcluir
  15. Ele estava apresentando um programa de humor AO VIVO e soltou uma piada como qualquer outra, a intenção não era ofender. Tem que saber diferenciar. A piada não reflete, necessariamente, o que ele pensa.

    Na hora eu nem vi toda essa malícia. Credo, gente. D:

    ResponderExcluir
  16. Pessoas roubando milhões, pessoas sendo assassinadas todos os dias pela mediucridade humana, matas sendo sendo mortas pela ganacia humana, seres humanos se drogando buscando em algo para se refugia pq falta algo nas proprias vidas (realidade dessas pessoas: elas se matam, roubam e matam os outros e nada acontece para melhora dessas pessoas).

    Agora me diz uma coisa, uma pessoas q faz uma piadinha (q todo bem foi mal feita, ele poderia ter ido durmir sem essa) e é punido com toda força por essa falsa lei q querem mostrar? Será q não tem coisas mais importantes para ser revistas? será q isso não foi pra incubrir outras coisas? Será q BRASILEIRO poderia deixar de ver a árvore e ver a floresta q o rodeia?

    Gente tem coisas mais importante q ISSOOOOOOOOOOOOOO pra se preocupar hein

    ResponderExcluir
  17. Como existe pessoas de pensamento pequeno, tudo bem se a piada dele não foi nada engraçado, mas ter toda essa repercussão.Poxa os políticos fazem um monte de porcarias e ninguém faz nada..enquanto em outros paises se tem várias manifestações e é só assim que se resolve as coisas no Brasil, haja em vista que quase todas as greves tem algum retorno!!!Existem muitos programas em outros canais que fazem apelações piores. Mas se prefere resolver do jeito mais covarde, tudo bem.....mas na minha opinião a Band só tem a perder.....pois não é a mesma coisa.....tá lamentável o programa, a tendência é cair mais ainda o ibope!!!!!

    ResponderExcluir
  18. Rafinha!!!Gostaria de lhe dizer que sou um fã do teu trabalho, mas acredito que terás de fazer um pedido de desculpas infelizmente, mais pela repercussão do que pela gravidade, pois ninguém entendeu o comentário mais tudo bem!!!!E também acho que depois deste episódio e também pelas porcarias que o Luche andou falando, não terás mais clima no CQC, mas acredito que você sairá fortalecido dando continuidade no teu trabalho na Liga que esta muito melhor que o CQC!!!!Abração Márcio

    ResponderExcluir
  19. Pelo amor de Deus essa muvuca toda porque ele fez uma piada.
    Tem muita coisa importante com o que se preocupar nesse país,só pq a pessoa é famosa estão fazendo todo escandalo.
    Rafinha admiro muito seu trabalho,continue no A liga,pq no CQC já estão puxando seu tapete

    ResponderExcluir
  20. cara não quero ser mas um leitor faltando com a verdade aqui.
    tambem comeria a wanessa .
    obs : o bebe não !

    ResponderExcluir
  21. A vanessa é comestível, o bebe Não.
    Acredito q o Ronaldo queria tbm, mas deu uma disfarçada!!!

    ResponderExcluir
  22. tem tanta coisa errada na tv tem um monte de vagabundo que merecia ta fora da tv a muito tempo e ficam falando o que quer agora ficam ai querendo crucificar o rafinha do cqc. eu acho que esta cambada ta querendo e ibope os artista gosta de fica falado

    ResponderExcluir
  23. O que ocorreu é que o Rafinha falou diretamente da pessoa, e as pessoas hipócritas, não gostam disso, elas gostam é da piada indireta, que é um caso muito comum nos “ “humoristas brasileiros”, como ocorre no prog. do didi, zorra total, se é que pode chamar isso de programa e muitos menos de humor, e que as vezes citam a nós mesmo, fazendo piadas sobre mulheres, loiras, gordas, e etc, mais não nós sentimos revoltados.
    Eu fico indignada de ver tanta repercussão por isso, tantas coisas que merecem mais nossa atenção. As pessoas só fazem criticas ao CQC, como a UOL e a Folha, não percebem no programa o que ele realmente quer mostra, como os nossos políticos, que de vez em quando merecem uma atenção dos outros jornalistas, como quando é descoberto algum tipo de mensalão.

    ResponderExcluir

Orientações para a postagem de comentários do CQC Blog

Follow Us

Arquivo do Blog

Comunidade CQC Brasil

Postagens Populares

© CQC Blog - Custe o Que Custar All rights reserved | Theme Designed by Seo Blogger Templates