quinta-feira, novembro 24, 2011

Marcelo TAS fala sobre o CQC 2012


Marcelo TAS falou ao Meio & Mensagem sobre a saída de Rafinha Bastos e Danilo Gentili do CQC, os planos do programa para a 5ª Temporada, da contratação do reporter mirim João Pedro e da postura de Rafinha Bastos diante da polêmica com a cantora Wanessa.


Tas: “Rafinha assumiu a carapuça de vítima”
Marcelo Tas fala sobre Rafinha Bastos e diz que se humorista tivesse reagido de maneira diferente ainda estaria no CQC
http://www.meioemensagem.com.br/home/midia/noticias/2011/11/16/Rafinha-assumiu-a-carapuca-de-vitima.html


O CQC já planeja a sua temporada 2012 e o apresentador Marcelo Tas afirma que o programa terá nove integrantes, um a mais do que em 2011. Ele confirma as saídas de Danilo Gentili e Rafinha Bastos e pretende acertar mais três participantes.

"Eu gosto da palavra mudança. O CQC não tem ninguém que seja insubstituível", diz Tas

O primeiro, já definido é Maurício Meirelles, que estava na produção de Legendários. O segundo, que está em processo de contratação é uma "pequena" surpresa: o garoto João Pedro, de 12 anos, que já atuou em alguns quadros da atração. O terceiro ainda está sendo selecionado.

Além destas novidades, Tas fala sobre a saída de Bastos e afirma que o que afastou ele do CQC não foi a piada em si, mas a reação posterior. Confira abaixo entrevista exclusiva.

Meio&Mensagem ›› Agora que passou o furacão ocasionado pelo afastamento do Rafinha Bastos, você tem uma opinião sobre o que aconteceu?

Marcelo Tas ›› O Rafinha é um cara de talento. É uma questão de maturidade, de saber lidar com algo que é comum. Eu soube lidar com situações em que pisaram na minha sola na carreira. Tem que sair com humor e jogar a bola para frente. A piada em si não tem importância, é questão pessoal achar graça ou não. A maior questão neste caso foi a reação. O Rafinha assumiu a carapuça de vítima, o que não é a forma mais madura de resolver uma situação dessa, e acabou prolongando o caso. Ele dividiu as pessoas entre as que eram a favor ou contra. E isso foi chato porque quem faz o programa teve que tomar um partido de contra ou a favor. Mas a questão é que isso não é um problema dele com o CQC. O problema é com a Band e a carreira dele. De novo: acho que é um cara muito talentoso e torço muito para que ele possa evoluir. Não é o primeiro e nem vai ser seu último problema profissional.

M&M ›› Se ele tivesse reagido de maneira diferente, estaria na bancada do CQC?

Tas ›› Sem dúvida já estaria de volta. Eu mesmo já tive alguns problemas ao vivo (Tas foi processado em 2009 por ter dito que as integrantes do grupo Sexy Dolls eram prostitutas). A suspensão teria durado duas semanas, que é o que a Band havia definido. Enfim. O tempo vai resolver essa questão.

M&M ›› Ele e o Danilo Gentili deixarão mesmo o CQC?

Tas ›› Sim, está definido. Já havíamos planejado que o CQC teria nove integrantes em 2012 (atualmente são oito) antes mesmo do caso e da saída do Rafinha. E com a saída dele e do Danilo, estamos atrás de três integrantes.

M&M ›› Como estão os processos de seleção?

Tas ›› O primeiro já está definido e será o Maurício Meirelles, que é produtor no programa do Marcos Mion (Legendários). O cara é muito bom e pode aparecer na frente da câmera também. Acho que estava até subaproveitado lá. Estamos muito animados com o garoto João Pedro, de doze anos, que fez algumas participações, como na edição do Dia das Crianças. Nós o queremos na nossa equipe fixa e estamos tentando acertar sua contratação, embora seja um pouco burocrático contratar um garoto de 12 anos. Encontramos uma pessoa que está trabalhando na equipe e sendo treinada, além de estarmos analisando outras pessoas. Fizemos em torno de 12 testes já e tem gente do humor, produtores, jornalistas. Gente muito inteligente. Desses, têm uns quatro que são muito legais.

M&M ›› Não será uma mudança muito grande de um ano para outro, para uma equipe que nunca tinha tido uma baixa?

Tas ›› Eu gosto da palavra mudança. O CQC não tem ninguém que seja insubstituível. Veja um exemplo: antes o Danilo fazia as reportagens de Brasília e ninguém achava que surgiria a Mônica Iozzi. Hoje tem gente que nem lembra que o Danilo fazia Brasília.

M&M ›› Já sabe quem será o terceiro membro da bancada em 2012?

Tas ›› Não definiremos em 2011, até porque só faltam seis programas e não faria sentido. Estamos nos divertindo com esse rodízio e em receber o Oscar, o Rafael, o Felipe na segunda-feira.

M&M ›› Em relação a projetos diferenciados dentro do programa, como o CQC 3.0 (continuação do programa na internet após o fim da versão na televisão), haverá novidades?

Tas ›› Para 2012, estamos planejando novas formas de inserção dos telespectadores. Já temos experiências bem sucedidas de colocar para dentro do programa a participação deles. Exibimos “Protestes Já” de um minuto que exibimos ao final do programa. Algumas pessoas até vestem roupa do CQC para fazer isso. Para 2012, estamos planejando novas formas de inserção do telespectador. Além disso, já conseguimos consolidar o CQC 3.0, que tem até 200 mil visitantes únicos, e ele segue forte para o ano que vem


Ah amiguinhos! Não gostei em nada desta declaração do Marcelo TAS. Seria Rafinha Bastos tão topetudo assim que não quis desfazer esta polêmica? Tenho lá minhas dúvidas.
Posted By: CQC Blog

Marcelo TAS fala sobre o CQC 2012

Share:

Post a Comment

Facebook
Blogger

18 comentários:

  1. Concordo com a opinião da Viviane, não acho que seja assim. Agora fiquei indignado em ver o Tas dizer que ninguém é insubstituível. Claro que é. como dizia o Pedro, o CQC já estava ruim, morrendo, aí sai o Rafinha e colocam um rodizio de bosta que piorou o programa e vem com esta conversa de insubstituível. E mais: dizem que a Mônica substituiu o Danilo, ela está nas funções dele, mas não faz nem 1/3 do que ele fazia. Ele era o melhor e ela é bem fraquinha.
    Enquanto o CQC vai perdendo a qualidade e o resto de status que possui, o "careca babaca" vem com esta conversinha diplomática na maior naturalidade e filhadaputisse possível.
    Eu fico louco de raiva com isto.

    ResponderExcluir
  2. Já leram esse texto? http://br.noticias.yahoo.com/blogs/ultrapop/custe-o-que-custar--uma-ova-.html
    Um dia isso vai acontecer aos fãs que ainda resistem. :(

    ResponderExcluir
  3. E a audiência? Com Rafinha era meio milhão o minuto de merchan, hoje, 50 mil. De tudo isso ao menos o número de comerciais chatos no meio do programa diminuiram. Se bem que se demorassem como antes nego ia pegar o controle e talvez não voltasse. O mais triste do rodízio é o povo tentando ser um novo Rafinha Bastos na maior cara de pau. Gosto de todos e nunca gostei do Rafinha, mas que caiu a qualidade e a personalidade do programa isso caiu. O Maurício me lembrou bastante alguém do pânico entrevistando pessoas mais sérias, mas só vi pânico uma vez na vida, pode ter sido impressão.

    ResponderExcluir
  4. Ninguem é substituivel...todos tem o seu jeito de ser que nenhuma outra pessoa tem, todos nós somos únicos, o Rafinha, o Danilo são únicos e os os outros integrantes tbém terão suas particularidades que serão apreciadas ou não... Meu amor pelo programa é algo inexplicável, além da razão, por isso continuo uma telespectadora assídua e torcendo que seja bom enquanto dure. Só deixarei mesmo de assistir o CQC quando realmente chegar ao fim completamente! Mas estarei firme e forte com eles em 2012, sou admiradora do programa, e como já disse essa admiração vai além da razão, torço pelo bem de todos, estando lá ou não! Algumas decepções ocorreram, realmente não podemos negar, mas não os deixarei sozinhos nessa batalha! O CQC é, foi, e sempre será meu programa preferido, apesar dos pesares!

    ResponderExcluir
  5. Também não gostei ver o Tas dizendo que ninguém é insubstiuível. Não concordo com isso. Cada um tem seu jeito, suas particularidades, e são essas que compõem o programa.
    Com os integrantes, o que pode ocorrer é de um ocupar uma vaga que é deixada, e não a pessoa.
    Como o que aconteceu com o Rafinha, podem substitui-lo na bancada, mas não a pessoa que ele é.

    ResponderExcluir
  6. Concordo com a Simone Guedes, é exatamente isso.
    Eu também não vou parar de assistir o CQC, mas confesso que o verei com outros olhos. Eu SEMPRE vou assistir o CQC achando o Tas um falso, o Luque um estúpido e quem estiver do outro lado, um usurpador. É um sentimento que vou carregar comigo e que apesar de tudo sei que é sem lógica e irracional, mas parece que não depende de mim.
    Antes eu assistia na internet todos os videos que perdia do programa, agora estou perdendo direto e nem estou ligando. O link que um anônimo postou acima é o que eu também sinto. Eu compartilho da dor do autor em perder uma paixão.

    O link: http://br.noticias.yahoo.com/blogs/ultrapop/custe-o-que-custar--uma-ova-.html

    ResponderExcluir
  7. Poxa gostava muito do rafinha serio o cara e muito bom!To muito puto porque o cara tinha que ter falado aquilo poxa muito tenso isso.Tentar imaginar um cara falando que comeu minha esposa e filho tenso.Mais acho que nao deveria ter saido ele e nitidamente muito bom no que faz.Queria que ele so pegasse mais leve porque tem horas que ele vai ao extremo mais acho que ele ve isso como qualidade.Bom pena que o preço disso vai ser ver alguem que nao tem seu talento subistituindo seu lugar.

    ResponderExcluir
  8. Concordo que a postura do Rafinha tenha sido errada, ele nos ultimos tempos estava fazendo algumas piadas de mau gosto como se fosse intocável. Agora ele sabe que não é. Mas, acredito que ele e a Band ainda deveriam repensar o caso, ele ser mais humilde, a Band mais flexível.
    Afinal o que o Público quer são dois dos melhores apresentadores do programa de volta.

    Volta Rafinha!

    Volta Danilo!

    E que esse episódio sirva de lição e exemplo para que não vejamos mais essas coisas na mídia.

    ResponderExcluir
  9. Convidamos a todos para cantarmos os parabéns por 1 ano de desabamento da estrada em frente ao CAVS na Ponte da Saudade contamos com sua presença no dia 22 de dezembro. Maiores informações em breve: http://www.guiaserramar.com.br/pagina_detalhes.php?Pagina=Noticias&Noticia=55

    Dia 22 dezembro 2011, estaremos completando "1 ANO" e nada!

    ResponderExcluir
  10. Aqui em Nova Friburgo, região serrana do Rio de Janeiro estamos vivendo nossa 3ªtragédia em 1 ano.
    A 1ª foi a natural, 2ª foi financeira e 3ª Política!
    Todo município esta aguardando a vinda de vcs aqui o mais breve possivel, por favor nos ajudem.(22)25230086

    ResponderExcluir
  11. É galera o importante é DINHEIRO

    ResponderExcluir
  12. O engraçado é o pessoal antes pedindo a cabeça do kra, até de Pedófilo foi chamado. E agora vem com essa de que o cara é talentoso, insubstituível e blablabla. A mão que afaga é a mesma que apedreja, hipocrisia.

    ResponderExcluir
  13. É, o CQC sem o Rafinha e o Danilo não é a mesma coisa não!!!!!!! Ta uma droga, não rolou colocar a Mônica no lugar do Rafinha!!!!! Ela só faz piada sem graça!!!!! Rafinhaaaaaaa sentimos demais sua falta!!!!!

    ResponderExcluir
  14. NÃO CONSIGO ACHAR O POST QUE COLOQUEI ONTEM À NOITE, DIZENDO, EM TOM MUITO EDUCADO, QUE ACHEI DEPLORÁVEL A POSIÇÃO DA EQUIPE DO CQC, EM ESPECIAL DE MARCELO TAS, A QUEM MUITO ADMIRAVA. SERÁ QUE FUI CENSURADA?????????????DIANTE DAS AMEAÇAS DA CANTORA SERTANEJA E DE SEU MARIDO CHANTAGEADOR, A EQUIPE DO PROGRAMA ABAIXOU A CABEÇA, SE ACORVADOU, TODOS DANDO DECLARAÇÕES ESQUIVAS, ACOVARDADAS, MEDROSAS... CADÊ A IRREVERÊNCIA DELES??? CADÊ A CORAGEM DE SE TOMAR UMA POSIÇÃO? FALAR QUE É CONTRA A CENSURA É FÁCIL... NÃO PERCEBEM QUE SE TODOS SE UNISSEM, A BAND TERIA QUE SE VIRAR, AFINAL,ELA DEPENDE DO FATURAMENTO DO PROGRAMA E OBVIAMENTE NÃO ENCONTRARIA UMA OUTRA EQUIPE EM UMA SEMANA... COMO DISSE ALGUÉM ACIMA, NUNCA MAIS VEREI, SE EU VOLTAR A VER, O PROGRAMA COM OS MESMOS OLHOS... LAMENTÁVEL!!!!

    ResponderExcluir
  15. Oi Elizabeth! Seu comentário está aqui http://www.cqcblog.com/2011/11/rafinha-bastos-fora-do-liga.html?showComment=1322446038123#c7721074960420720512 Este blog é de fãs e não há censura, salvo qdo há ofensas e palavrões!

    ResponderExcluir
  16. Thiago Mocci23/12/2011 12:11

    Nossa, no começo da terceira temporada eu já via uma decadência que me entristecia. A segunda temporada, já estava muito diferente. Agora, esse ano foi deplorável, desde o primeiro programa.

    Com a saída do Rafinha, a coisa desandou de vez. Pela atitude absurdamente ridícula da emissora e de quem a apoiou em uma censura comprada com dinheiro sujo de patrocinador.

    O Boris, do fundo do coração, falou maldades dos garis e continuou a frente. O Rafinha, fez uma simples piada que foi mal entendida (ele apenas disse de forma machista e grosseira, que mesmo grávida, a Wanessa estava muito bonita, ou como dizem, "gostosa"), e esta fora do programa.

    Quando mexe no bolso, nem importa todo o padrão de qualidade do programa... Quando se mexe no bolso, todos os dogmas de "Liberdade" são perdidos... O programa ficou "leve"... e isso para mim, é o mesmo que se contentar com "Zorra Total". Eu perdi a fé no programa faz um tempo, deixei de assistir inteirinho faz umas 4 semanas, e honestamente... posso perder o programa que nem vou me importar.

    ResponderExcluir
  17. Deixei de assistir o cqc apos a saida do rafinha e as prssoas eu falo tambem nao estao mais assistindo o programa e uma pena pois a pimenta do programara era o rafinha..

    ResponderExcluir
  18. Queria ver o Tas, ser substituido p ele sentir na pele qual é...que tal Tas? Ta disposto ao equivoco ao erro e depois pensar? Quem sou eu onde eu estou quem eu era?

    ResponderExcluir

Orientações para a postagem de comentários do CQC Blog

Follow Us

Arquivo do Blog

Comunidade CQC Brasil

Postagens Populares

© CQC Blog - Custe o Que Custar All rights reserved | Theme Designed by Seo Blogger Templates